Pesquisar neste blogue

Os morangos nacionais já andam por aí... mais doces, mais gostosos e então porque não fazer um cheesecake com eles?!

Uma sobremesa que gosto bastante, servida bem fresquinha, melhor ainda!

Fiz um vídeo que podem ver aqui 








Ingredientes:

Base: 

1 pacote de bolacha Maria 200 gr.

100 gr. de margarina 

Recheio:

200 gr. de queijo creme 

2 iogurtes cremosos ou gregos (125 gr. cada) 

1 pacote de natas 200 ml 

100 gr. de açúcar

Aroma de baunilha a gosto

5 folhas de gelatina incolor

7 colheres de sopa de água (para dissolver a gelatina)


Cobertura:

7 a 10 morangos

3 colheres de sopa de açúcar

Morangos para a decoração e para forrar  o aro da forma


Preparação:

Usei uma forma de fundo amovível de 21 cm de diâmetro.


Base:

Comece por derreter a margarina e deixar esfriar.

Triture as bolachas. Juntar as bolachas com a margarina, e misturar até obter uma mistura tipo areia grossa.

Colocar no fundo da forma a mistura das bolachas, de modo a cobrir uniformemente a base, pressionando ligeiramente com os dedos. Colocar no frigorífico enquanto faz o recheio.

Recheio:

Colocar a gelatina em água fria cerca de 5/8 minutos para hidratar.

Com a batedeira bater o queijo creme com os iogurtes, o açúcar até obter um creme liso e brilhante.

De seguida bater as natas até ficarem volumosas, e juntar um pouco de aroma de baunilha.

Envolver na mistura do queijo creme.

Espremer as folhas de gelatina, e dissolvê-las em 7 colheres de sopa de água morna. 

Retirar do preparado 4 colheres de sopa e envolver na gelatina para "temperar".

Depois verter a gelatina na mistura do queijo creme, envolver com uma vara de arames ou rapa-tachos.

Forrar as laterais da forma com metades de morango.

Colocar por cima da base de bolacha com cuidado, alisando em cima.

Levar ao frigorífico até solidificar (deixei de um dia para o outro).


Cobertura:

Num tachinho, colocar os morangos partidos aos bocadinhos com o açúcar. Levar para ferver cerca de 5 minutos, mexendo de vez em quando, até ficar com consistência de xarope.

Retirar, e se necessário, passar a varinha mágica (eu não o fiz). Deixar arrefecer.

Na altura de servir o cheesecake, retirar do frigorífico, colocar num prato, passar uma faca à volta do aro e retirá-lo.

Espalhar o xarope de morango sobre o cheesecake e decorar com os morangos.




12 aninhos de existência feitos no início de Maio.

Este ano lembrei-me a tempo 😊 e, por isso consegui preparar um pequeno vídeo, com algumas fotos do que se fez nos últimos meses.

Deixo disponíveis abaixo os link's directos para as receitas que aparecem no vídeo.

Obrigada por continuarem desse lado.

Obrigada aos novos seguidores e a quem partilha as minhas receitas. 

E que venha mais 1 ano 😊

Podem ver o vídeo aqui 



Link's:


https://ratolinha.blogspot.com/2020/10/bolo-aranha-bolo-de-tangerina-especial.html

https://ratolinha.blogspot.com/2021/02/bolo-invisivel-de-maca-receita-em-video.html

https://ratolinha.blogspot.com/2020/03/almondegas-receita-em-video.html

https://ratolinha.blogspot.com/2020/07/bolo-de-bolacha-receita-em-video.html

https://ratolinha.blogspot.com/2019/10/bolo-dos-fantasmas-halloween-receita-em.html

https://ratolinha.blogspot.com/2020/07/lemon-curd-receita-em-video.html

https://ratolinha.blogspot.com/2019/12/tronco-de-natal-receita-em-video.html

https://ratolinha.blogspot.com/2020/09/francesinha-receita-em-video.html

https://ratolinha.blogspot.com/2020/07/pudim-de-bolacha-maria.html

https://ratolinha.blogspot.com/2021/01/bolo-de-abobora-canela-e-vinho-do-porto.html

https://ratolinha.blogspot.com/2020/10/arrufadas-ou-arrufadinhas-pao-doce-wbd.html

https://ratolinha.blogspot.com/2020/06/mousse-de-morango-receita-em-video.html

https://ratolinha.blogspot.com/2020/10/castanhas-assadas-com-erva-doce-receita.html

https://ratolinha.blogspot.com/2021/04/bacalhau-com-maca-gratinado-receita-em.html

https://ratolinha.blogspot.com/2020/04/bolo-de-chocolate-cremoso.html

https://ratolinha.blogspot.com/2019/09/quindins-receita-em-video.html

https://ratolinha.blogspot.com/2020/02/mousse-de-chocolate-e-cafe-receita-em.html

https://ratolinha.blogspot.com/2021/01/bifanas-receita-em-video.html

https://ratolinha.blogspot.com/2020/05/bolo-de-laranja-inteira-no.html

https://ratolinha.blogspot.com/2019/10/wbd-pao-doce-pao-de-deus-estaladinhos.html

https://ratolinha.blogspot.com/2020/12/filhoses-de-abobora-receita-em-video.html

https://ratolinha.blogspot.com/2020/07/frango-assado-com-ervas.html

https://ratolinha.blogspot.com/2021/03/torta-de-cenoura-e-coco-receita-em-video.html

https://ratolinha.blogspot.com/2020/04/bolo-de-chocolate-e-ananas.html

https://ratolinha.blogspot.com/2019/11/pudim-frances-receita-em-video.html

https://ratolinha.blogspot.com/2020/12/pao-de-lo-de-chocolate-receita-em-video.html

https://ratolinha.blogspot.com/2020/09/pataniscas-de-bacalhau-com-cerveja.html

https://ratolinha.blogspot.com/2020/05/pudim-de-chocolate-e-cacau-receita-em.html

https://ratolinha.blogspot.com/2021/03/bolo-de-coco-bolo-coelho-da-pascoa.html

https://ratolinha.blogspot.com/2019/10/peito-de-frango-recheado-e-com-crosta.html

https://ratolinha.blogspot.com/2020/11/brownie-de-cacau-receita-em-video.html

https://ratolinha.blogspot.com/2020/08/pavlova-com-lemon-curd-e-morangos.html



A chuvinha resolveu fazer-nos companhia, a temperatura baixou, a desculpa perfeita para fazer um bolinho. E nada melhor que um bolinho super rápido de se fazer e ainda mais rápido de se comer 😄

Fica aqui esta minha versão feita no liquidificador. Fica um bolo bem húmido, pois é regado com sumo. Além disso não se desperdiça nada, pois até a casca é usada.
Podem ver quão fácil é aqui.





Ingredientes: 

Usar como medida:
1 chávena ou caneca com a capacidade de 250 ml

1 laranja inteira
4 ovos (tamanho L)
2 chávenas de chá de açúcar
2 chávenas de chá de farinha trigo c/ fermento
3/4 de chávena de óleo
1 colher sobremesa de fermento em pó
Sumo de 1 laranja para regar o bolo

Preparação:
Pré-aquecer o forno a 180ºC.
Lavar a laranja e secá-la.
Partir a laranja com a casca aos bocadinhos.  Colocar no liquidificador com os ovos, açúcar e o óleo.
Bater até ficar um creme. 

Verter para um recipiente este preparado, juntar a farinha e o fermento em pó peneirados. Envolver tudo.

Untar uma forma de chaminé com margarina e polvilhar com farinha.
Verter a massa do bolo e levar a cozer.
Quando estiver cozido, retirar e desenformar passados 15 minutos.

Regar o bolo com sumo de 1 laranja.



Uma tarte super simples, basta ter o lemon curd feito ou fazer, pois é super simples... 

Com uns morangos a acompanhar e está a sobremesa pronta.

Nesta usei um resto de lemon curd que fiz para esta pavlova, cujo vídeo já existe no canal aqui

Também podem ver como se faz o lemon curd em vídeo aqui

3 em 1: tarte, pavlova e lemon curd

Simples e deliciosa!




Ingredientes:

1 base massa quebrada fresca
Lemon curd a gosto
Morangos a gosto
Mel - 3 colheres de sopa

Preparação:

Pré-aquecer o forno a 200ºC.

Forrar a tarteira com a massa quebrada mantendo o papel vegetal que ela traz e, picar a base com 1 garfo.

Levar a cozer até ficar douradinha. Retirar e deixar arrefecer.

Colocar o lemon curd e por cima os morangos a gosto.

Por cima dos morangos espalhar um fio de mel.



Quem gosta de bacalhau? E quem gosta de maçã e maionese?

Têm aqui a combinação perfeita! 

Surpreendeu-me pela positiva, pois ficou uma delícia.

Fiz um pequeno vídeo que podem ver aqui.

E já agora partilhem o vídeo. Obrigada 🙏

 



Ingredientes: 

2 lombos de bacalhau (demolhados) 
Água e sal para cozer o bacalhau
1 cebola
2 dentes de alho
2 folhas de loureiro + 2 dentes alho
Azeite q.b.
Maionese q.b.
1 maçã
Azeitonas verdes
Pimenta preta
Farinha trigo para passar bacalhau

Preparação:

Num tacho com água e sal, levar o bacalhau a dar uma fervura e retirar para escorrer.

Depois de escorrido, passá-lo por farinha, e dar-lhe uma fritura em azeite com 2 dentes de alho esmagados e 2 folhas de loureiro. Colocar numa travessa.

Numa frigideira colocar azeite, a cebola partida às meias luas, assim como os 2 dentes de alho partido às rodelas. Deixar refogar ligeiramente.

Descascar a maçã e partir às fatias finas.
Cobrir o bacalhau com as fatias de maçã.

Por cima da maçã distribuir a cebola refogada, e por último cobrir com uma boa camada de maionese.

Enfeitar com azeitonas. 
Levar a gratinar em forno pré-aquecido a 200ºC.
Servir com batata frita às rodelas.




Queria fazer algo alusivo à Páscoa. Então pus a imaginação a funcionar, e lembrei-me de meter um coelho num pedaço de terra com uma cerca à volta juntamente com uns ovinhos... Este coelho é mal comportado, saltou a cerca para ir "roubar" os ovinhos que eram destinados às crianças.

Fiz um bolo de coco, coberto com um creme mascarpone de chocolate que decorei como podem ver.

E claro fiz um vídeo que podem ver aqui.





Ingredientes:

Usei 1 forma de 22 cm diâmetro


Para o Bolo:

6 ovos

250 gr. farinha trigo com fermento

280 gr. de açúcar

2 iogurtes de coco de 125 gr cada

80 gr. coco ralado

1 medida do copo do iogurte de óleo

1 colher chá fermento em pó

Raspa de 1/2 limão pequeno


Para a cobertura:

250 gr. de mascarpone

200 ml de natas

Sumo limão - umas gotas

3 colheres sopa cacau em pó

3 colheres sopa açúcar em pó


Para a decoração:

Bolachas em forma de canudinhos

Ovinhos

1 coelho de chocolate


Preparação:

Massa do bolo:

Forrar uma forma com papel vegetal.

Pré-aquecer o forno a 180ºC.

Com a batedeira bater os ovos, o açúcar, o óleo e os iogurtes.


Juntar o coco e a raspa de limão e envolver.

Por fim colocar a farinha e fermento peneirados e envolver.

Verter a massa na forma e levar para cozer.

Demorou cerca de 1 hora (mas depende do forno e do tamanho da forma que usarem).


Preparação da cobertura:

Bater as natas com gotas de limão.

Juntar o mascarpone e bater até incorporar.

Por fim colocar o cacau e açúcar em pó e misturar.

Levar para o frio.

Depois do bolo cozido, desenformar para que arrefeça.

Uma vez frio cobrir com o creme (podem rechear se quiserem).

Decorar com os canudinhos à volta do bolo, e por cima desfazer alguns para imitar vegetação seca. 

Colocar o coelho e os ovinhos a gosto. 




Uma sobremesa diferente! 

Um creme de baunilha com uma base de bolacha maria molhada em café. Por cima levou açúcar que foi queimado.

Ficou muito bom e muito cremoso! Quem provou adorou 😋

Sugestão para o fim de semana. Experimentem.

Fiz um vídeo que podem ver aqui.


Ingredientes:

1 litro de leite meio gordo
12 colheres de sopa de açúcar + açúcar para polvilhar
2 colheres de sopa de amido de milho bem cheias
7 gemas
1 fava de baunilha
café forte - tirei 2 cafés duplos expressos
200 gr. bolacha maria

Preparação:

Molhar as bolachas no café quente, mas mais para o morno e colocá-las numa travessa.

Abrir a vagem de baunilha ao meio e raspar as sementes.

Num tacho colocar a casca da baunilha e as sementes, juntar as gemas, o açúcar e o leite, reservando um pouco para dissolver o amido de milho. Colocar o amido de milho nesse leite e dissolvê-lo colocando de seguida no tacho.

Com uma colher de pau misturar tudo até as gemas se dissolverem no leite.

Levar para ferver em lume brando, e sem parar de mexer, deixamos que ferva para que engrosse.

Quando tiver engrossado, retirar e colocar por cima das bolachas. Deixar arrefecer e levar ao frigorífico.

Quando for para servir colocar açúcar por cima e queimar com um maçarico ou outro utensílio para o efeito.




Eu adoro coco, seja em bolos, os quindins, os coquinhos, tudo o que leva coco 😋

Com cenoura a combinação é perfeita na minha opinião.

Fiz uma torta que como recheio levou somente canela em pó, mas podem colocar um recheio de chocolate que também combina muito bem. Fiz um pequeno vídeo que podem ver aqui 

Ficou uma delícia!





Ingredientes:

500 gr. de cenouras (peso em cru e com casca)
Água + sal + pau canela para cozer cenoura
5 ovos
250 gr. de açúcar
1 laranja
130 gr. de farinha trigo 
40 gr. de coco
1 colher de chá de fermento em pó

Canela em pó para polvilhar (é o recheio)
Açúcar e coco para enrolar e enfeitar


Preparação:
Cozer as cenouras descascadas em água temperada com sal e 1 pau de canela.

Depois de cozidas deixar escorrer muito bem a água. De seguida ralar com varinha mágica e  reservar.

Com a batedeira bater os ovos com o açúcar.
Juntar o puré de cenoura e envolver. Colocar a raspa e o sumo da laranja e misturar tudo com a batedeira.

Por fim juntar a farinha, o fermento e o coco e envolver manualmente.

Pré-aquecer o forno a 180ºC.

Forrar um tabuleiro (usei um com 30cm por 28cm) com papel vegetal e untar com margarina.

Verter a massa e levar para cozer cerca de 20/25 minutos (depende do forno - fazer teste do palito).

Uma vez cozida, polvilhar um pano com açúcar e coco e virar a torta sobre o mesmo. Retirar o papel vegetal.

Polvilhar com canela em pó.

Com cuidado e com a ajuda do pano enrolar e deixar arrefecer antes de transferir para uma travessa.

Estando fria colocar numa travessa e polvilhar com mais coco.

Aparar as pontas e está pronta a ser saboreada.




Chuva, chuvinha do meu coração, dá ali um salto e vai ter com o papão. Irra!

Ora cá está um combinação deliciosa 😋!!! 

O bolo de ananás já por si só é uma delícia... esta combinação também não fica nada atrás, pois fica uma maravilha!

Experimentem e depois digam.





Ingredientes:
Para o caramelo:
180 gr de açúcar
2 colheres de sopa de vinho do Porto

Bolo:

5 ovos
5 rodelas de ananás em calda
125 gr. de manteiga amolecida
200 gr. de açúcar
250 gr. de farinha trigo com fermento
100 gr. de chocolate em pó
50 ml de leite
Raspa de 1 limão
1 colher de chá de fermento em pó

Preparação:

Pré-aquecer o forno a 180ºC.

Para fazer o caramelo coloque o açúcar e o vinho do Porto num tachinho e leve ao lume para derreter. Quando estiver a ficar em ponto de caramelo, verta na forma e rodando-a, espalhe-o até cobrir a forma, com a ajuda de uma pano para não se queimar. Deixe arrefecer e barre a forma com margarina.

Coloque as rodelas de ananás a gosto no fundo da forma.

Bater a manteiga com o açúcar até obter um creme esbranquiçado. Junte os ovos um a um, batendo entre cada adição.

Agora com a velocidade da batedeira no mínimo  adicionar o chocolate em pó e o leite, alternadamente com a farinha misturada com o fermento.

Bater lentamente só para envolver tudo.
Por último coloque a raspa de limão e envolva.

Colocar a massa na forma e levar a cozer. Fazer o teste do palito para ver se está cozido.

Depois de cozido, retire e desenforme cuidadosamente.




Podem ser servidos como petisco, ou como refeição acompanhados com arroz...

Estes croquetes levam grão de bico e convém que a alheira seja "gordinha".

Podem ver tudo em vídeo aqui


Ingredientes:

1 cebola média

Azeite ou manteiga

1 alheira 200/220 gr.

200 gr. de grão de bico cozido

2 colheres de sopa de farinha sem fermento

2 colheres de sopa de salsa  picada

Sal de pimentas (ou sal + pimenta preta)

1 ovo, pão ralado, farinha

Óleo para fritar


Preparação:

Descasque e pique a cebola.

Tire a pele à alheira e parta-a aos bocados.

Num tacho coloque a cebola e azeite, leve para refogar. Deixar alourar um pouco, junte a alheira, e em lume brando deixe cozinhar cerca de 4 minutos, enquanto vai desfazendo a alheira com a ajuda de uma colher de pau.

Deite o grão de bico e a alheira num robot de cozinha (usei a picadora 1 2 3 ) e triture até obter uma pasta.

Transfira a pasta para um recipiente e adicione 2 colheres de sopa de farinha e a salsa picada. Tempere com sal e pimenta e misture bem.

Molde o preparado em bolinhas e depois dê-lhe a forma de croquetes.

Passe os croquetes por farinha, seguido de ovo batido e pão ralado.

Frite em óleo (cuidado ao fritar, pois queimam com facilidade) e escorra sobre papel absorvente.



Andava muito, muito curiosa para experimentar este bolo, mas adiava, adiava e ía sempre ficando para trás... Mas ainda bem que o fiz, pois é um bolo delicioso e cheio de vitaminas da maçã.

Nesta receita usei 5 maçãs (com receio que 6 não coubessem na forma), mas até poderia ter usado mais do que 6, pois cabiam perfeitamente e o bolo ficaria mais alto.

Fiz o passo-a-passo em vídeo que podem ver aqui:





Ingredientes:
 
4 ovos
5/6 maçãs grandes
40 gr. margarina (derreter e esfriar)
80 gr. farinha de trigo com fermento
180 gr. de açúcar
Aroma de baunilha a gosto
1 colher café de canela em pó (opcional)

Forma com o diâmetro de 22 cm

Preparação:

Pré-aquecer o forno a 180ºC.

Numa taça colocar os ovos e com uma vara de arames mexer, juntar o açúcar e bater com a batedeira até ficar um creme esbranquiçado.

Adicione a margarina derretida, o aroma de baunilha e com a vara de arames envolva. 

Junte a farinha peneirada envolvendo-a na massa.

Descasque as maçãs e parta-as ao meio retirando o caroço. Fatiar as maçãs bastante fininhas (com a mandolina ou com uma faca).

E à medida que vai fatiando regue com sumo de limão para não oxidar ou coloque logo dentro da massa.

Uma vez todas fatiadas junte à massa e envolva delicadamente para que as fatias de maçã fiquem todas "cobertas" de massa.

Colocar numa forma (forrada com papel vegetal), alise a superfície e leve a cozer cerca de 55 minutos (faça sempre o teste do palito).
 



Dias cinzentos, chuvosos, aborrecidos... tudo a juntar às notícias que são cada vez piores, enfim...

Desta vez fiz uma tarte. Junta isto, junta aquilo e saiu uma tarte deliciosa!

Experimentem!

Para ver como se faz o doce de gila pode ver aqui
O video super simples da tarte pode ser visto aqui.




Ingredientes:

180 gr. amêndoa ralada
200 gr. açúcar
200 gr. doce de gila
4 ovos inteiros
1 gema
100 ml de natas

Preparação:

Pré-aquecer o forno a 180ºC.

Com a batedeira bater os ovos, a gema, o açúcar e as natas, até ficar tudo misturado.

Juntar a amêndoa ralada e envolver. De seguida envolver a gila.

Numa forma de fundo amovível de 21 cm de diâmetro forrar o fundo com papel vegetal, e untar as laterais.

Colocar o preparado e levar a cozer.
Depois de cozida, deixar amornar e desenformar.

Uma vez fria polvilhar com açúcar em pó.



Olha a bifaninha quem gosta?

Hoje trago uma sugestão deliciosa (não doce)😀. Umas bifanas que se podem comer no pão, com puré, com arroz seco ou batata frita. 

Eu cá adoro no pão 😋

Fiz um pequeno vídeo que podem ver aqui

Desfrutem!

Só uma pequena obs: nem tudo são receitinhas e berloques... vamos lá a ter cuidado que as coisas não estão para brincadeiras. Vê-se por aí muita asneirada... muita inconsciência e por causa de uns pagamos todos 😩


Ingredientes: 

1 kg. de bifanas laminadas
1 cebola
Sal
Azeite
4 dentes de alho
3 folhas de loureiro
1 colher de sobremesa de cominhos
1 malagueta
1 colher sopa bem cheia de colorau (pimentão doce)
1 cerveja de 33 cl
1 cálice de vinho do Porto
1/2 cálice de whisky
2 colheres de sopa de molho inglês
250 ml de vinho branco
Vinagre para salpicar
Pão

Preparação:

Num tacho colocar a cebola partida às meias luas, os dentes de alho fatiados e o loureiro. 
Regar com azeite e levar a refogar.

Quando a cebola estiver a querer alourar, colocar o vinho, a cerveja, o vinho do Porto, o whisky, o molho inglês, o colorau, os cominhos e a malagueta. Deixar ferver 10 minutos.

Passado esse tempo retirar o loureiro e ralar com a varinha mágica. 

Levar para ferver novamente.

Assim que ferver, colocar as bifanas e deixar cozinhar cerca de 1 hora. Temperar com sal. 

A meio salpicar com um pouco de vinagre.

Retificar o tempero se necessário.

E estão prontas.


Em primeiro lugar, bem vindos a mais um ano de receitinhas! Com os votos que continuem aí desse lado, e eu deste, que é bom sinal... 😊

Muita gente deve estar farta de doces é certo, mas deixo aqui um bolinho de conforto perfeito para estes dias frios.

As abóboras ainda andam por aí, por isso toca a experimentar este bolinho perfeito para um lanchinho.

Mais uma vez aqui fica o vídeo simples que podem visualizar aqui

                





Ingredientes:

500 gr. de abóbora menina (peso sem casca e crua) + água e sal

220 gr. de açúcar

200 gr. de farinha trigo com fermento

100 gr. farinha maizena (amido de milho)

5 ovos inteiros

1/2 cálice de vinho do Porto (pode colocar 1 cálice)

1 colher de sopa de canela em pó

1 colher de sobremesa de fermento em pó

100 ml de óleo

Preparação:

Coze-se a abóbora em água temperada com sal. Depois de cozida, escorra a água muito bem.

Com a batedeira, bata o açúcar com os ovos inteiros.

De seguida acrescenta-se o óleo, a abóbora bem escorrida e o vinho do Porto. Continue a bater com a batedeira.

Depois junta-se a canela, as farinhas e o fermento. Envolva tudo com um batedor de ovos.

Leva-se ao forno pré-aquecido a 180ºC em forma untada de margarina e polvilhada com farinha.

Demorou-me cerca de 40 minutos (pode variar o tempo conforme o forno).

Deixe arrefecer 10 minutos e desenforme.