Pesquisar neste blogue

Com tudo o que se tem vindo a passar covid-19 para lá, covid-19 para cá... passou-me por completo que o meu blogue fez no início de Maio 11 aninhos de existência! 

Ainda que passado quase 1 mês, vai sempre a tempo de ser relembrado...
Parabéns a mim por conseguir manter mais 1 ano e que venha mais um... um de cada vez.

Faz 1 ano também que comecei com os vídeos, não com a regularidade que gostaria, mas como disse também seria conforme a disponibilidade 😊...

Por isso aqui a Ratolinha merece um miminho não concordam?

Ficaria muito feliz se partilhassem e subscrevessem o meu canal no youtube para que ele cresça, devagar mas que cresça, pois assim também me dá alento para continuar com os vídeos.

Para isso basta clicarem aqui que vão lá dar direitinho. 😀

E sigam-me no Instagram @ratolinha 😊

Ficarei grata 🙏🙏🙏

Trago este simples bolinho para comer bem fresquinho.



Ingredientes:

6 ovos grandes
200 gr. de açúcar
150 gr. de farinha com fermento
1 colher de sobremesa de fermento em pó
Raspa de 1/2 limão

1 lata de ananás peso liquido 825 gr.
2 pacotes de chantilly de compra

Preparação:

Pré-aquecer o forno a 180ºC.

Com a batedeira bater muito bem os ovos e o açúcar.
Juntar a raspa de limão, a farinha e o fermento e envolver.
Untar uma forma com margarina e polvilhar com farinha.

Colocar a massa na forma e levar ao forno até cozer.
Retirar depois de cozido, desenformar e deixar arrefecer.

Preparar o chantilly de acordo com as instruções.

Retirar o ananás da lata e deixar escorrer. Reserve o sumo.

Quando o bolo estiver frio cortá-lo ao meio. Regue a parte inferior do bolo com um pouco da calda do ananás, de seguida coloque uma boa camada de chantilly e ananás partido aos bocadinhos.

Coloque a parte de cima do bolo e barre todo o bolo com chantilly, enfeitando a gosto com ananás.

Leve ao frigorífico e sirva fresquinho.



Bolinhos de bacalhau quem não gosta? Com este calor e uma saladinha a acompanhar, perfeito!!!

Desta vez resolvi experimentar fazer com o Sal de pimentas e o alho em pó da Gourmarket. 

O cheirinho que sai quando se abre o frasco do sal de pimentas é divinal... e aplicado nos bolinhos, podem crer que faz toda a diferença. Eu que adoro os bolinhos assim a puxar para o apetitosos este sal de pimentas é perfeito.

Caso tenham curiosidade em experimentar estes e outros produtos estão à distância de 1 clique, basta visitarem o site aqui que no momento até estão com oferta dos portes em compras superiores a 20 euros.

Experimentem que não se arrependerão. E o melhor de tudo é que são produtos portugueses e por exemplo no caso do sal (este e muitos outros) são todos feitos artesanalmente, mas existem mais variedades de produtos.



Ingredientes:

500 gr. bacalhau demolhado
500/550 gr. batatas 
1 cebola 
1 colher sobremesa de alho moído #gourmarket
2 ovos tamanho M
1 raminho de salsa
Sal de pimentas #gourmarket


Preparação:

Descasque as batatas e coza-as juntamente com o bacalhau em água temperada com o sal de pimentas. Quando estiver tudo cozido, retire.

Reduza as batatas a puré.

Limpe o bacalhau de espinhas e pele, e desfie muito bem (eu embrulhei num pano, fazendo uma espécie de "cabeça de boneca", e segurando com uma mão, com a outra esfreguei sobre a bancada a "cabeça" até o bacalhau ficar bem desfeito).

Picar a cebola, e a salsa.
Misturar o bacalhau desfiado com o puré de batata, cebola, a salsa e 1 colher de alho em pó.

Numa tigela bater os ovos ligeiramente e juntar ao preparado anterior.
Amassar bem com a mão até misturar tudo. Rectificar o tempero com o sal de pimentas.

Com duas colheres de sopa pegar em pequenas porções de massa e moldar os bolinhos.

Levar a fritar em óleo quente poucos de cada vez.





Pudim de chocolate ao qual resolvi fazer um mix e juntar cacau em pó também. Fica uma delícia, aveludado, textura macia... só posso dizer que é um dos pudins que entrou na lista dos predilectos!
Fiz um simples vídeo que podem ver aqui.





Ingredientes:

6 ovos inteiros
1 lata de leite condensado 397 gr.
1 litro de leite meio gordo
80 gr. de chocolate em pó
50 de cacau em pó
1 colher de sobremesa de maizena (amido de milho)

Para o caramelo:
180 gr. de açúcar
Água suficiente para cobrir o açúcar


Preparação:

Caramelo:
Colocar o açúcar num tachinho e cobrir o açúcar com um pouco de água. Levar para que ferva. Deixar ferver até adquirir o tom dourado (ou mais claro ou mais escuro conforme o gosto).

Verter na forma de buraco e rodá-la (com a ajuda de um pano para não se queimar) de modo a que o caramelo cubra toda a superfície interior da forma. Deixar arrefecer.

Pudim:
Com um batedor de ovos misture os ovos com o leite condensado. Junte o chocolate em pó, o cacau e o amido de milho e mexa novamente. De seguida junte o leite aos poucos e mexa até estar tudo homogéneo.

Pré-aquecer o forno a 200ºC.
Depois do caramelo da forma estar frio verter o preparado do pudim para dentro dela.

Levar ao forno a cozer em banho-maria (colocar água acabada de ferver num tabuleiro onde caiba a forma).

Demorou cerca de 60 minutos, mas faça o teste do palito. Quando sair seco retire e deixe arrefecer totalmente. Depois de frio coloque no frigorífico de preferência de um dia para o outro.

Para desenformar coloque num tabuleiro água quente e ponha a forma de pudim cerca de 2/3 minutos para ajudar a soltar. Retire e desenforme.