Pesquisa personalizada
Este bolo foi feito para uma ocasião muito especial...
A receita é de uma revista de culinária e levava só 6 ovos, mas como a forma que ia utilizar era grande (cerca de 25 cm diâmetro), aumentei à receita. Em vez do dobro, fiz receita e meia.
Este bolo não leva nenhum tipo de gordura, nem margarina, nem óleo. Por isso, fica um bolo mais seco que acaba por ser ideal para ser barrado e recheado.











Ingredientes:
9 ovos
300 gr. açúcar
285 gr. de farinha trigo com fermento
1 colher chá bem cheia de fermento em pó
40 gr. chocolate em pó
20 gr. cacau em pó

Decoração:
1 pacote de mousse
1/2 pacote de chantilly

Deixo aqui as quantidades da receita original:
6 ovos
200 gr. açúcar
190 gr. farinha trigo com fermento
1 colher chá fermento em pó
30 gr. chocolate em pó

Preparação:
Bata com a batedeira os ovos com o açúcar até obter um creme fofo e esbranquiçado. Envolva com um rapa-tachos, ou colher de pau, a farinha, o chocolate em pó, o cacau e o fermento no preparado anterior.
Unte e polvilhe com farinha uma forma, e leve a cozer em forno pré-aquecido a 180.ºC. Demorou cerca de 1 hora a cozer (depende do tamanho da forma).
Assim que estiver cozido, retire, deixe arrefecer e desenforme.

Preparação do Recheio:

Fazer a mousse conforme instruções do pacote (aqui juntei 250 ml de leite frio ao preparado em pó) e bater.
Fazer 1/2 pacote chantilly com 100 ml de leite.

Abrir o bolo a meio e rechear com o chantilly.
Por fora, barrar com a mousse e decorar a gosto.



Hoje deixo aqui um prato de peixe, o tão famoso tamboril, apreciado por muita gente. Eu posso dizer que não sou fã, diria mesmo que comi e dispenso comer novamente. Não me agradou a textura do peixe. Ou se gosta ou se detesta. Segui uma receita que tinha, não sei se falhou algo... mas a textura esponjosa do peixe em si, não me atraiu. São gostos, e como diz o ditado, gostos não se discutem...
Mas contudo aqui fica a receita  para os que apreciam.



Ingredientes:

1 cebola grande
2 dentes de alho
1 tomate maduro
Azeite, sal, pimenta
1 raminho de salsa
1 cubo de knorr de marisco (não pus)
Tamboril (usei congelado)
Arroz

Preparação:
Comece por arranjar e cortar o lombo de tamboril.
Num tacho leve ao lume a cebola com os dentes de alho picados a refogar em azeite.
Junte a salsa picada, e o tomate partido aos bocadinhos. Deixe refogar até desfazer o tomate.
Acrescente água (3,5 vezes a medida do arroz). Tempere com sal e pimenta.

Assim que começar a ferver, coloque  o arroz, mexa e passados 5 minutos junte o tamboril. Deixe cozinhar em lume brando cerca de 15 minutos.



Chama-se torta de noz, mas só leva noz para enfeitar, não leva na massa do bolo.
Era um dos bolos de excelência de quem já sabem. É ideal para rechear, pois fica uma massa muito fofa. A torta era regada com sumo de ananás (pode ser sumol ou calda de uma lata de ananás), antes de ser barrada. Nesta não o fiz, mas na próxima farei. Como a massa fica fofinha absorve o sumo sem ficar encharcada e como se come bem fresquinha, sabe bem no tempo quente.










Ingredientes: 
6 ovos
300 gr. de açúcar
75 gr. farinha trigo com fermento
75 gr. fécula de batata
1 colher chá de fermento em pó

Para a decoração:

150 ml de sumo ananás (pode ser sumol ou calda de uma lata de ananás)
100 gr. chocolate de culinária para raspas
Nozes q.b.
2 pacotes de chantilly (ou em alternativa 2 pacotes de natas 200 ml cada)

Preparação:
Com a batedeira bater as gemas com o açúcar até ficarem volumosas.
Bater as claras em castelo e envolver cuidadosamente com uma colher de pau ou rapa-tachos no preparado anterior.
Se necessário, peneirar a farinha e a fécula caso tenha grumos.

Juntar a farinha, fécula, fermento e envolver tudo com uma colher de pau.
Untar um tabuleiro rectangular (usei um com 35x23cm - medidas interior) com margarina, forrar a base com papel vegetal, untando-o também.
Colocar o preparado e levar a cozer em forno pré-aquecido a 180ºC.
Demorou cerca de 25 minutos a cozer. Convém fazer o teste do palito.
Desenformar e deixar arrefecer.

Enquanto arrefece, preparar o chantilly de acordo com as instruções do pacote (ou caso tenha a granel, como eu, que compro 1 pacote de 250 gr. pois fica mais barato, peso 140 gr. e junto 400 ml de leite frio. Um pacote da Royal tem cerca de +/-70 gr e junta-se 200 ml de leite).

Depois de frio, corte o bolo no sentido do comprimento e divida-o em 2 partes iguais.
Coloque uma parte num tabuleiro e barre com chantilly. Coloque a outra parte por cima. Aqui rega-se com o sumo (não o fiz). De seguida barra-se toda a torta com o restante chantilly.

Decora-se com raspas de chocolate e nozes.
Como queria fazer umas raspas grandes, derreti o chocolate em banho-maria e coloquei sobre papel vegetal espalhando-o numa camada fina. Levei ao frio até solidificar. Depois parti-o aos bocados e coloquei sobre a torta (não ficou bem como eu queria, mas para a próxima ficará melhor).
Leva-se ao frigorífico e serve-se fresquinha. Mantém-se sempre no frio, pois aguenta-se bem.

Dica: Os bolos secos depois de abertos devem ser tapados com uma tampa própria para bolos (ou algo que se adapte), ou se não tiver com folha de alumínio para não estar em contacto directo com o ar, pois o ar seca-os.
Nos que vão ao frio convém também fazer o mesmo, se possível.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Top blogs de receitas

Parcerias com:

Chás, Compotas, Mel....

Comprar on-line