Para visualizar posts que não se encontram nesta 1.ª página, basta clicar no final desta onde diz "Mensagens antigas" (explicação a mails recebidos).


Pesquisa personalizada
Setembro… não sei bem a razão mas gosto deste mês. Talvez por me fazer lembrar a proximidade do Outono. Gosto de ver as árvores a ficarem despidas, as folhas de vários tons a esvoaçar pelo chão, aquela brisa que já pede um casaquinho, enfim… gosto!

Quando andava na escola gostava nesta altura de comprar o material escolar (com muito menos oferta do que existe hoje em dia), aquele cheirinho a novo dos livros, de forrá-los com papel autocolante transparente para os proteger, um conjunto de muitas coisas.

Engraçado como existem coisas que nos marcam pela positiva e, claro, outras que nos marcam pela negativa. Nessa altura enquanto crianças não tínhamos muito como escolher, as coisas simplesmente aconteciam e marcavam-nos. Agora enquanto adultos já temos esse poder, o de escolher, o livre arbítrio.
E é engraçado como muitas vezes nos “esquecemos” disso enquanto adultos.

Estou a falar nisso porque no fim-de-semana passei os olhos por 2 filmes já antigos que falavam nisso mesmo, o livre arbítrio.
Enfim... devaneios.
Hoje deixo esta sugestão bem simples.



Ingredientes: 


2 lombos de bacalhau demolhado
Ameijoa congelada q.b. (sem areia)
1 cebola
2 dentes de alho, azeite, polpa tomate
1/2 pimento, pimenta preta, sal
1/2 copo de vinho branco


Preparação:

Num tacho, coloque a cebola partida às rodelas com os 2 dentes de alho e leve a refogar em azeite.
Assim que a cebola ficar loura coloque o bacalhau, o vinho branco, um pouco de polpa de tomate, e deixe estufar lentamente, acrescentando aos poucos um bocadinho de água.
Quando o bacalhau estiver quase cozido junte as ameijoas, o pimento às tirinhas, e tempere com sal e pimenta.
Assim que as ameijoas abrirem, deixe cerca de 2 minutos e retire.

Servir com puré de batata.




A Kikas, autora do blog Segredos da Mimi, fez a tarte tatin de maçã. Como ela disse é uma sobremesa bem simples mas muito saborosa!


Obrigada Kikas.


A cor deste bolinho fala por si. Não precisa de apresentações. 
O clássico bolo de ananás que tanto gosto, mas com um pouco de coco à mistura. Ficou uma mistura maravilhosa.
Fica a sugestão para o fim de semana prolongado que se avizinha e para quem está de férias. Toca a dar um miminho à família :)






Ingredientes:
7 ovos (tamanho L)
1 lata de ananás 490 gr. (peso líquido escorrido)
200 gr. de açúcar
200 gr. de farinha de trigo com fermento
50 gr. de coco
150 gr. de margarina (à temperatura ambiente)
1 colher de sopa de fermento em pó

Para o caramelo:
300 gr. de açúcar
100 ml de água
Nota: Pode usar caramelo de compra

Preparação:
Retire o ananás da lata e escorra-o bem escorrido.
Num tacho faça o caramelo levando ao lume o açúcar e a água, deixando ferver até se transformar em caramelo. Unte uma forma de buraco com o caramelo e deixe arrefecer.
Com a batedeira bata a margarina e o açúcar. Junte os ovos um a um, batendo sempre entre cada adição.
Coloque a farinha, o fermento e o coco e bata mais um pouco com a batedeira até misturar tudo.

Coloque as rodelas de ananás na forma a gosto e verta a massa, levando a cozer em forno pré-aquecido a 180ºC.
Demorou cerca de 1 hora, mas convém fazer o teste do palito.
Desenforme quando retirar do forno ainda quente.

Nota: As rodelas de ananás apesar de as ter encostado às paredes da forma, na cozedura do bolo acabaram por escorregar um pouco, mas até ficou engraçado. Devia ter usado uma forma um pouco mais pequena.




A Cândida, uma pessoa muito especial fez a tarte de maçã, bem recheadinha e com muito bom aspecto.
Aumentou à quantidade de maçãs para o puré e para decorar, já que usou uma tarteira maior do que a que eu usei.






Sol, nevoeiro, dias cinzentos, há de tudo para quem está de férias!
Preguicite, malandrice, pasmaceira, vontade de fazer muitas coisas e vontade de não fazer nada. Foram assim que os dias passados se caracterizaram. 
Cozinhar o básico e pouco mais.
Esta pizza foi um dos pecadilhos. Sempre que olho para a foto até salivo, e o meu estômago até bateu palmas quando  olhou para esta bela pizza.
Isto porque há anos que não comia pizza. Evito, apesar de me apetecer de vez em quando.
Recheio a gosto, e esta foi bem recheadinha e bem deliciosa.


Ingredientes:
300 gr. de farinha trigo com fermento
Água q.b.
Sal q.b.

Recheio:
125 ml de polpa de tomate
1 colher sobremesa de azeite
2 latas de atum
1 ovo cozido
Cebola
Queijo (ralado)
Fiambre
2 linguiças
Azeitona preta às rodelas

Preparação:
Colocar a farinha num recipiente, colocar umas pedrinhas de sal e ir juntado água aos poucos, mexendo até formar uma massa que dê para moldar.
Num tabuleiro colocar papel vegetal, untar com margarina e estender a massa (+/- com uma espessura de 7mm, pois vai crescer ao cozer).
Numa tigela colocar a polpa de tomate e o azeite e misturar. Espalhar sobre a massa de pizza.

Escorrer o óleo do atum, esmigalhando-o, distribuindo-o pela massa.
De seguida colocar um pouco de cebola partida fininha às meias luas.
Espalhar queijo a gosto.

Colocar bocadinhos de fiambre, o ovo partido aos bocados e as linguiças partidas às rodelas, assim como a azeitona preta.
Por último um pouco de queijo.
Levar a cozer ao forno pré-aquecido a 230ºC cerca de 20 minutos.



Como tinha referido aqui, era bem capaz de fazer mais uma receita com estes deliciosos caramelos.
Gosto muito de queques e muffins mas, até é raro fazer. Com os caramelos resolvi fazer uns muffins de chocolate com uma surpresa no meio. Recheados com um caramelo Werther's Original. Usei os caramelos blandos de toffee com nata. Gostei bastante da combinação, e adorei o resultado final. Ficaram muito fofinhos.
Informo também que o blog vai entrar em lume brando, pois a cozinheira está a precisar de descanso dos tachos... até já.






Na foto abaixo ainda falta colocar mais massa por cima dos caramelos

Ingredientes:

120 gr. de margarina (à temperatura ambiente)
160 gr. de açúcar
2 ovos
230 gr. de farinha trigo com fermento
1 colher de chá de fermento em pó
1 colher de café de sal
60 gr. de cacau em pó magro
1 pacote de natas (200 ml)
80 ml de água
14 caramelos Werther's Original blandos de toffee com nata

Preparação:
Colocar num recipiente a farinha, o cacau, o fermento, sal.
Pré-aquecer o forno a 180ºC.
Com a batedeira bater a margarina com o açúcar. Juntar um ovo de cada vez, batendo entre cada adição.

Reduzir a velocidade da batedeira e juntar a farinha, cacau, fermento e sal. Misturar tudo. Aqui a massa fica grossa. De seguida juntar as natas, misturar e por último a água.
Colocar forminhas de papel dentro das formas de alumínio (eu usei papel vegetal).

Com a ajuda de uma colher colocar um pouco de massa, de seguida colocar um caramelo e tapar com mais massa. Ter o cuidado de não encher até ao limite da forma, pois vão crescer.
Levar a cozer ao forno cerca de 20 minutos.
Rende cerca de 14 muffins.



Queijinho para a Ratolinha. Mesmo apropriado... ela até nem gosta nada. Adora!!!
O meu muito obrigada à empresa Delícias da Estrela.





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Top blogs de receitas