Pesquisa personalizada
Olha o morango, o moranguinho tão bom e fresquinho! E já foi comidinho :)

Resolvi fazer esta sobremesa que considero light. Fácil de fazer e pode servir de improviso para umas visitas inesperadas. E na minha opinião fica uma sobremesa bem bonita. Não acham? O nome é da minha autoria, acho que encaixa bem.






Ingredientes:

550 gr. de morangos 
2 colheres de sopa de açúcar
3 iogurtes cremosos (baunilha) 125 gr. cada
Palitos de chocolate para decorar

Preparação:

Pese 350 gr. dos 550 e lave-os, retire o pé, e parta aos bocadinhos.
Leve ao lume juntamente com 2 colheres de sopa de açúcar. Deixe levantar fervura e no mínimo, deixe que ferve cerca de 10 minutos, até ficar um espécie de compota. 
Retire e deixe arrefecer por completo.
Lave e enxugue bem os restantes morangos.

Num copo comece por colocar uma camada da compota de morango.
Por cima desta coloque um morango fatiado.
De seguida uma boa camada de iogurte.
Novamente compota e por fim iogurte.
Decore no centro com um pouco de compota e morangos abertos ao meio.
Espete 2 palitos de chocolate em cada copo.
Leve ao frio e coma fresquinha.



Quem desse lado tem feito coisinhas e não me mostra? Vá lá, deixem a timidez de lado :)

A Irene mostrou que fez estes 2 belos bolos, que tão bonitos ficaram!
O bolo de pêras e o bolo de arroz. 
Obrigada Irene!

Receita do bolo de arroz aqui.
Receita do bolo de pêras aqui.







E pronto, completados 43 anos de vida!
Como sou de impulsos, resolvi fazer este post, à última hora.
Resolvi mostrar mais uma foto da minha infância (pena a qualidade), como o fiz nos 2 últimos anos :)

Este post serve também para agradecer do fundo do coração, a todas vocês que estão desse lado e que me acompanham.  A vocês que continuam a ajudar a dar "vida" ao blog Ratolinha!
Agradecer a vossa confiança em mim, as vossas palavras, tudo! Obrigada!

E serve também para agradecer aos meus entes mais queridos, aqueles que mais amo, e que estão sempre presentes quando preciso! Obrigada por TUDO!  ♥

Agora vamos à foto.  
Não é que a ratola sabia andar de bicicleta! (*_*)








É com imenso prazer que anuncio a minha mais recente parceria com a empresa Gradirripas.



Tem artigos lindíssimos!
Aqui deixo uma amostra do que recebi e, que me vai ser muito útil :)
Para quem não conhece a empresa, deixo aqui uma breve apresentação da mesma:

"Gradirripas, Lda. é uma empresa familiar, propriedade da família Violante, oriunda de Pernes, concelho de Santarém, situada bem no centro do país. Com ligações ao sector há já dois séculos, os atuais proprietários fazem parte da quinta geração de uma família tradicionalmente ligada à produção de artigos em madeira. Um saber que remonta aos finais do século XIX, quando Manuel dos Santos Violante trabalhava a madeira como uma verdadeira arte. A sociedade com a atual designação de Gradirripas – Artigos em madeira Lda., foi constituída em 2006 e dedica-se, sobretudo, ao fabrico de caixas em madeira para vinhos e produtos gourmet, bem como à produção de artigos em madeira para cozinha e pequeno mobiliário. A madeira utilizada no fabrico dos artigos provém, essencialmente, de pinhais da região centro de Portugal, adquirida a produtores que asseguram a sustentabilidade das florestas. Para tal, são feitas novas plantações em substituição das árvores abatidas para a indústria. A Gradirripas só adquire madeira a fornecedores devidamente legalizados, sujeitos a fiscalizações periódicas no que respeita à origem da madeira e ao controlo do nemátodo do pinheiro. A madeira é sujeita a secagem em estufa, onde permanece o tempo necessário para garantir um produto de qualidade, isento de humidades e do vírus do nemátodo, que tem atingido as florestas portuguesas. A madeira trabalhada pela Gradirripas é devidamente identificada através do passaporte fitossanitário, que acompanha cada lote de matéria-prima adquirido. A Gradirripas conta atualmente com 10 colaboradores experientes, especializados nas diferentes fases do trabalho da madeira. A qualidade do produto final é reconhecida no mercado nacional e internacional. Uma parte significativa da produção destina-se à exportação, sobretudo para países como Reino Unido, EUA e Holanda. Do portfolio de clientes destaque para restaurantes, unidades hoteleiras, cadeias de grande distribuição e produtores de vinho."




Muito obrigada Gradirripas!




Eu sei que ando um pouquito preguiçosa. Tenho cozinhado, mas coisas muito simples. Deve ser do tempo. Mas vai mudar, ai vai, vai :)

Desta vez e já que o inverno não nos larga, só apetece ligar o forno... Vai daí saiu este meu improviso, que resolvi partilhar convosco.
Pá de porco para assar, e uma alheira, uma invenção, e aqui está o resultado. É bom! Muito bom!!!





Ingredientes:
1,5 kg. de pá de porco sem osso e sem couro
1 cebola
Óleo
1 alheira (boa qualidade)
2 colheres de sopa de pão ralado
Batatas, sal, colorau em pó

Marinada:
Sal, pimenta preta, vinho branco q.b, 2 colheres de sopa de azeite, 2 folhas de loureiro, 7 dentes de alho, 1 colher de sobremesa de colorau em pó.

Preparação:
De preferência de véspera temperar a carne com a marinada. A carne deve ficar praticamente toda mergulhada na marinada.

Ligar o forno a 230ºC.
Nota: o tabuleiro usado deve permitir que parte da carne fique submersa no molho da marinada, para que fique tenrinha.

Num tabuleiro colocar uma cama de cebola às meias luas.
Colocar a carne, verter sobre esta a marinada, e salpicar a carne com um pouco de óleo. Colocar as batatas partidas aos gomos temperadas com sal e colorau em pó. Levar a assar cerca de 2 horas, virando e regando com o molho de vez em quando.

Retirar a pele à alheira e desfazê-la, juntar o pão ralado e com os dedos misturar tudo.

30 minutos antes do fim, retire o tabuleiro do forno, e com cuidado, espalhe com as mãos a alheira de forma a criar uma capa por cima da pá de porco. Leve novamente ao forno por mais 30 minutos. E está pronto a fatiar. No prato regar a carne com o molho da assadeira.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Top blogs de receitas

Parcerias com:

Chás, Compotas, Mel....

Comprar on-line