Pesquisa personalizada
Sai mais uma dose de bolinhos de cenoura! Não é receita nova porque já existe cá no blogue. 
Nestes bolinhos coloquei vinho do Porto que é opcional, e, em vez de polvilhar com açúcar granulado polvilhei com açúcar em pó misturado com canela.
Com estes bolinhos desejo um Feliz Natal com muita saúde e paz a todos os que me visitam.
Receita aqui.





A Daniela Fonseca que está por detrás da página "No número 14" lançou um desafio no Facebook. Consiste numa espécie de amigo secreto para troca de presentes de Natal, mas o presente é a elaboração de uma receita do amigo secreto que nos calhou, e a divulgação do blogue, caso tenha.
A mim calhou-me o blog A Culinária da Missy, que não conhecia.
Optei por uma receita que gosto muito, uma simples mas tão saborosa bifana no pão. Pois gosto bastante! E como previa gostei muito do resultado final, estava muito saborosa.




Ingredientes:

3 fêveras de porco finas
6 dentes de alho laminados
Sal e pimenta
Massa de pimentão
Louro
Vinho branco ou cerveja
Vinagre
Azeite
Pão

Preparação:

Temperar as bifanas com sal, pimenta, alho laminado, massa de pimentão (mas pouquíssima)e o louro em pedaços. Regar com um pouco de vinho branco e salpicar com vinagre para tomar bem o gosto. Deixar a marinar 2 horas (deixei 6 horas).
Aquecer o azeite numa frigideira e fritar as bifanas de ambos os lados em lume forte.
Servir no pão.



Se a reencarnação existe (espero que não), quero renascer como uma princesa num bosque encantado, rodeada de duendes, e animais e nada mais… um local sem doenças, sem egoísmo, sem inveja, sem… tanta coisa, a maioria com origem no homem enquanto raça humana.

Este belo tronco nevado (chamei-lhe assim), porque o branco do açúcar em pó me faz lembrar a neve.
Por incrível que pareça é a 2ª vez que faço um tronco de Natal. No ano passado fiz esta versão aqui, mais rápida. Mas, andava com a ideia de fazer um bem guloso de chocolate. E como as coisas sabem bem melhor fora de época, vai dai fiz no fim de semana que passou.

Aqui ficam várias posições do tronco, peguem na que vos dá mais jeito e mãos à obra, porque afinal, o que faço é para vocês...









Ingredientes:

6 ovos
180 gr. de açúcar
140 gr. de farinha de trigo com fermento
4 colheres de sopa de cacau em pó
1 colher de chá de fermento em pó

Recheio e cobertura:

1 pacote de natas 200 ml
200 gr. de chocolate (de preferência com 70% de cacau)
Raspas de chocolate
Açúcar em pó

Preparação:

Primeiro vamos fazer o creme de chocolate.
Num tacho colocar as natas e o chocolate partido aos bocados. Levar ao lume brando, mexendo até derreter.
Quando estiver derretido, retirar do lume e reservar.

Pré-aquecer o forno a 180ºC.
De seguida comece por forrar um forma quadrada (usei uma 28x30cm)com papel vegetal, untando-o com margarina e polvilhar com farinha.

Com a batedeira bater os ovos com o açúcar muito bem. Peneirar a farinha, o fermento e o cacau e juntar ao preparado anterior, envolvendo delicadamente.
Verter a massa no tabuleiro e levar a cozer no forno cerca de 15/20 minutos, depende do forno.
Não convém ficar demasiado cozido.

Depois de cozido virar a forma sobre um pano polvilhado com um pouco de açúcar, e retirar o papel vegetal.

Barrar a parte de cima com creme de chocolate, e com a ajuda do pano enrolar a torta. Deixar arrefecer.
Quando estiver fria cortar as extremidades na diagonal.
Transferir o tronco para um tabuleiro e colocar as extremidades cortadas, uma de cada lado do tronco, como se vê na foto.

Barre o tronco com o chocolate. Enfeite com raspas de chocolate e polvilhe com açúcar em pó (passado pela peneira).
Delicie-se!






A Zélia fez esta dupla de delícias. O bolo pudim e o molotof que tanto gosta.
Que belo bolo pudim Zélia.

Receita do bolo pudim aqui.
Receita do molotof aqui.

Obrigada Zélia!






Franguinho uma carne que consumo com bastante frequência, e por essa razão tento volta e meia variar um pouco o modo de confecção.

Desta vez, sem saber se iria resultar ou não, lembrei-me de assar o frango pincelando-o com mostarda. E resultou! Ficou muito saboroso. 
É só colocar no forno, e esperar que asse.
Aqui fica a sugestão.


Ingredientes:

1 frango
Sal q.b.
1 cebola
3 dentes de alho
Pimenta preta
250 ml de vinho branco
2 colheres de sopa de azeite
2 colheres de sopa de mostarda
Batatas
Colorau
Óleo q.b.

Preparação:
Limpar, lavar o frango e abri-lo ao meio espalmando-o.

Numa tigela misturar a mostarda com o azeite.
Num tabuleiro colocar uma cama de cebola partida às meias luas e os dentes de alhos às rodelas.

Temperar o frango com sal e pimenta de ambos os lados, e pincelar com a mistura de mostarda e azeite o interior do frango. Colocá-lo no tabuleiro e pincelar a outra parte.
Verter o vinho branco no tabuleiro (não colocar por cima do frango).
Descascar e partir as batatas, temperar com sal e colorau e dispor no tabuleiro. Regar as batatas com um pouco de óleo.

Levar ao forno a 230ºC até que asse (virar o frango a meio da cozedura).





Sai um pão-de-ló bem fofinho, feito pela Cândida.

Para quê comprar se pode fazer em casa!
Amanhã há receitinha nova.

Receita aqui.

Obrigada Cândida!




Alheira à brás, uma deliciosa refeição.
Foi a Raquel que experimentou e gostou muito.
Hummm... tão boa!
Aqui fica uma das fotos que me enviou.
Receita aqui.

Obrigada Raquel!






Como entramos oficialmente em Dezembro, deixo aqui uma sugestão de tronco de natal que a Fátima fez.
Esta semana vai haver mais rubricas e claro uma receitinha da Ratolinha. Inspirem-se!
Aqui fica a foto que ela me enviou.
Receita aqui.


Obrigada Fátima.


Gosto muito da combinação de chocolate com outros sabores. A laranja é um deles.
Este bolinho é um dos que gosto muito. Além se ser muito simples de se fazer, pois é feito na liquidificadora, o resultado final é muito bom.









Ingredientes:
Chávena com a capacidade de 250 ml

4 ovos grandes
1 laranja grande
2 chávenas de açúcar
2 chávenas de farinha trigo com fermento
1 chávena de óleo
1 colher de sopa de fermento em pó
Chocolate granulado e açúcar em pó para enfeitar

Para a cobertura:

1 tablete de chocolate de culinária 200 gr.
1 pacote de natas 200 ml

Preparação:
Comece por pré-aquecer o forno a 180ºC.

Retirar a casca à laranja (reservar metade da casca) e partir a laranja aos bocados, colocando-a dentro da liquidificadora.
Aproveitar metade da casca da laranja, só a parte laranja, retirar a parte branca, e juntar na liquidificadora, assim como o óleo e bater tudo.

De seguida colocar os ovos e o açúcar e bater novamente.

Verter este preparado para um recipiente, juntar a farinha e fermento e envolver tudo.
Colocar numa forma sem buraco untada com margarina e polvilhada com farinha e levar a cozer.
Demorou cerca de 40/45 minutos, depende do forno. Verifique fazendo o teste do palito, principalmente no meio do bolo.

Para o recheio:
Levar ao lume (no mínimo) num tacho as natas e a tablete de chocolate partida aos bocadinhos, sempre a mexer até derreter o chocolate. Assim que estiver derretido, retirar do lume e mexer mais um pouco para que arrefeça.
Rechear o bolo e cobrir o bolo com este creme.
Enfeitar a gosto, coloquei em cima chocolate granulado e polvilhei com açúcar em pó.


A Susana do blog Receitas da Susana experimentou a receita da torta de noz. Uma maravilha, bem fofinha!
Aqui fica a foto dela.
Receita aqui.




Obrigada Susana.


Hummm, que bom este pratinho. Ideal para estes dias invernosos. É uma refeição bastante reconfortante e como leva várias qualidades de carne, juntamente com o feijão e as nabiças rende muito, acompanhada de um arrozinho seco. Perfeita!
A foto tirada directamente do tacho, pois há alturas que não dá para estar a empratar :)



Ingredientes:

As quantidades variam conforme o nº de pessoas 

Feijão vermelho
Cenoura
Nabiças
Carne de vaca
Costelas de porco
Orelha de porco
Chispe de porco
Chouriço de vinho
Morcela
Pernil fumado ou bacon
Cebola, alhos, azeite
Loureiro
Vinho branco
Sal, pimenta

Preparação:
De véspera põe-se de molho em água fria o feijão.
No dia seguinte, coze-se o feijão na água em que demolhou, e reserva-se a água da cozedura.

Num tacho cozem-se as carnes, e os enchidos, excepto a carne de vaca e vão-se retirando conforme estiverem cozidas.
Noutro tacho faz-se um bom refogado com cebola, alho e azeite.

Coloca-se a carne de vaca partida aos bocados, rega-se com um pouco de vinho branco, juntar a folha de loureiro e deixar estufar lentamente acrescentado a água da cozedura dos feijões.

Juntar a cenoura às rodelas para que coza. 
Colocar as nabiças devidamente escolhidas e lavadas para que cozam. Acrescentar calda conforme for necessário.
Juntar as carnes já partidas, e os enchidos, temperar com sal e pimenta, e por fim colocar o feijão.

Deixar apurar e servir com arroz branco.



Esta semana há 2 rubricas "quem fez o quê", amanhã há comidinha bem portuguesa.

Delicioso este bolinho de ananás e coco. Quem experimentou foi o Carlos autor do blog Cozinha Aromática. Não conhecem? Vão lá espreitar.
Ficou com um excelente aspecto.


Obrigada Carlos.


Ora sai mais uma rubrica, desta vez não é doce. Sim... porque se formos a ver ganha a categoria dos doces. Ah pois é!
A Zélia Cordeiro fez os peitos de frango recheados com bacon e queijo, mas substituiu o bacon por fiambre.
Disse que ficaram óptimos.
Ora aqui ficam as fotos que ela me enviou.
Receita aqui.



Obrigada Zélia.



Andava para experimentar esta versão de bolo de bolacha com natas e leite condensado já há muito tempo. Mas adia-se, adia-se e chega-se à conclusão que foi um grande erro, pois já o devia ter feito há muito tempo.

De todos os bolos de bolacha que comi até hoje este fica no top das minhas preferências, pois é delicioso.
Façam que vão ver a delícia que é.
Bom resto de boa semana.





Ingredientes:

2 pacotes de natas (200 ml cada)
1 lata de leite condensado 397 gr. (não é do cozido)
3 folhas de gelatina
Café (azedo)
300 grs. de bolacha maria (1 pacote e meio)

Preparação:

Usei uma forma de aro amovível de 21 cm de diâmetro.
Comece por colocar a gelatina dentro de água para hidratar.

Fazer o café para que fique morno.
Com a batedeira bater as natas, juntar o leite condensado e bater mais um pouco.

Retirar 2 colheres de sopa de café morno e juntar a gelatina já escorrida para dissolver.

Juntar ao preparado das natas e leite condensado, batendo mais um pouco para que se misture.

Comece a molhar as bolachas e forre o fundo da forma com elas. Cubra com uma camada de creme, novamente com bolachas molhadas no café, de seguida com creme e assim sucessivamente até terminar com creme.

Leve ao frigorífico de preferência de um dia para o outro.
Antes de servir retire do frio, polvilhe com bolacha moída ( cerca de 3/4 bolachas), passa uma faca à volta do aro e retire-o.
Sirva.



Anda uma pessoa a comer tangerinas para prevenir as constipações, e pimba, em vez de evitar acho que atraiu :(
Haja paciência...

A Raquel fez o bolinho de abóbora e canela. Quem provou disse que estava muito bom!
Humm... até me deu saudades do cheirinho que inunda a cozinha.
Aqui ficam as suas fotos.

Receita aqui.



Obrigada Raquel!



O mais conhecido é o fiel amigo bacalhau à brás, mas porque não fazer com outros ingredientes!

Fiz com alheira, devo dizer que ficou delicioso.
É certo que é um prato calórico, mas de vez em quando sabe bem meter o pé na argola :)
Directamente da frigideira aqui fica.
Quem vai experimentar?


Ingredientes:

2 alheiras (de boa qualidade)
3 batatas médias
4 ovos
1 cebola
Azeite q.b.
Azeitonas
Salsa picada

Preparação:

Descascar as batatas e partir aos palitos fininhos (tipo a batata palha).
Fritá-las em óleo quente, deixando-as bem estaladiças.
Temperar as batatas com sal fino. Reservar.

Retirar a pele às alheiras e desfazê-las com as mãos.
Numa frigideira anti-aderente colocar a cebola partida às meias luas e um pouco de azeite.
Levar ao lume e quando a cebola estiver transparente juntar a alheira e envolver na cebola.
Deixar cerca de 3 minutos, mexendo de vez em quando.

Colocar a batata frita e misturar com cuidado.
Bater os 4 ovos com um garfo e colocar um pouco de salsa picada.
Juntar os 4 ovos e a salsa envolvendo até que practicamente fiquem cozinhados (eu deixo mais para o cremoso, não deixo cozinharem 100%).

Enfeitar com azeitonas e um pouco de salsa.


A Susana fez os biscoitinhos de canela.

Que bons que são e que lindos ficaram!
Receita aqui.




Obrigada Susana.


Como dizia Antoine Lavoisier "Na Natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma", e este bolo é um exemplo disso.

Um clássico bem antiguinho no meu caderninho de receitas.
Se temos pão ralado quase a acabar o prazo, e não se vai usar para nada, não se vai desperdiçar e deitar fora. Pega-se no pão ralado e transforma-se num bolinho que fica uma delícia.

No fundo o pão ralado é usado em substituição da farinha. Fica com um cheirinho a canela...







Ingredientes:
7 ovos (tamanho L)
220 gr. de pão ralado
350 gr. de açúcar
1 colher de sobremesa (bem cheia) de canela em pó
1 colher de sopa de fermento em pó

Preparação:

Pré-aquecer  forno a 180ºC.
Com a batedeira bater os ovos com o açúcar. De seguida juntar o pão ralado, a canela e o fermento em pó e misturar tudo com a batedeira.

Levar a cozer numa forma untada com manteiga e polvilhada com farinha.
Assim que estiver cozido deixar arrefecer e desenformar.



É mesmo reconfortante saber que há quem experimente mais do que uma receita da Ratolinha.

Desta feita e mais uma vez, a Cândida que fez o bolo de chocolate com cobertura de chocolate branco (optou por não fazer a cobertura). 
Este bolo fica grande. Ficou com um aspecto maravilhoso!
Receita aqui.
PS: Alguém me elucida se ao comentarem aparece aquela caixinha chata com as letras. Pergunto, porque tenho-a desactivada nas definições do blogger e ela continua a aparecer. Obrigada.




Obrigada Cândida!


A foto não faz justiça ao sabor. Não está apelativa... mas o que interessa é o palato, e esse não deixou a desejar. Por isso tive que partilhar.
Uma forma diferente de fazer frango, simples e delicioso e até não é trabalhoso, pois é só colocar no forno e ele faz o resto. Usei peitos, mas pode usar coxas, o que quiser.
Um pratinho a repetir com toda a certeza.
Fiquem bem.






Ingredientes:
3 peitos de frango (pode usar outras partes do frango)
Sal, sumo de 1 limão, pimenta preta
1 cebola, 3 dentes de alho
Maionese
Azeite q.b.

Preparação:

Partir cada peito de frango em 3 partes. Temperar o frango com sal, pimenta e sumo de limão.
Envolver bem o frango. Deixar pelo menos 30 minutos a marinar.

Picar a cebola bem picadinha, e os dentes de alho. Pré-aquecer o forno a 220ºC.
Numa assadeira funda que possa ir ao forno untar o fundo com azeite.
Antes de colocar o frango na assadeira envolvê-lo todo na cebola e alho.
Transferir para a assadeira.

Untá-lo por cima com maionese. Cobrir a assadeira com folha de alumínio, mas sem que esta toque no frango (use as bordas da assadeira para prender a folha de alumínio).

Levar ao forno, passados 20 minutos retirar a folha de alumínio e deixar dourar. Demora cerca de 1 hora.


Pastéis de feijão, que bons que são. Adoro!

A foto é da Raquel Gomes que meteu as mãos na massa e saíram estes deliciosos pastéis.
Receita aqui.



Obrigada Raquel!



Facebook, facebook...já me começas a irritar!

O nosso tão amigo facebook ultimamente anda com a mania de não actualizar os post's na página da Ratolinha e em muitas outras.

E porquê, porquê? Porque quer "obrigar" a pagar para ajudar a promover a página, e como não estou interessada, vai daí, castiga, não fazendo chegar aos seguidores os novos post's.

Para tentar contornar a situação os seguidores só têm de seleccionar em cima (como se vê na foto abaixo) "receber notificações" e com sorte podem começar a recebê-las mais assiduamente.
Isso verifica-se no número de visualizações de cada post que cada vez é menor, logo chega a cada vez menos seguidores.

Obrigada a todos. Conto convosco :)







Sai mais um bolinho de kiwi. Foi a Susana do blog Receitas da Susana.
Este bolo é muito, mas muito rápido e fácil de se fazer.

Podem ver a receita aqui.



Obrigada Susana.


A receita deste bolinho já existe cá no blogue, ainda o blogue era uma criança. Mas como os bons velhos clássicos são sempre agradáveis de se repetirem. Aqui fica ele. Tornei a fazê-lo e ficou tão riquinho que não resisti a tirar-lhe uma foto.
Receita aqui.







A Piteca do blogue Receitas da Piteca é uma malandreca e nomeou-me para responder a este desafio. Faz anos que deixei de o fazer, mas como foi a Pitequinha, pensei... pensei e resolvi dar-lhe este gosto.
Aqui fica Piteca.

As perguntas são as seguintes: 

1- O que não sais de casa sem? 

R: Telemóvel

2- O teu animal favorito? 

R: Gosto particularmente de cães, seguidos dos gatos… miau :)

3- Qual o sapato favorito? 

R: Sapatos rasos bem confortáveis 

4- Produto de maquilhagem indispensável? 

R: Somente um creme para hidratar a pele. 

5- Qual o teu maior sonho? 

R:  Chamar-lhe-ia mais desejo, mas como o sonho acaba por ser desejo de algo ou alguma coisa, aqui fica: ter qualidade de vida até chegar a hora de  partida para o céu

6- Qual o teu defeito? 

R: Ter mau acordar, admito. 

7- O que te irrita nas pessoas? 

R: A estupidez e a crueldade humana entre outras

8-  Qual a tua comida favorita? 

R: Tenho várias. Gosto de tudo o que é bem português. Uns rojões à moda do Minho, umas tripas à Moda do Porto, uma bela francesinha, entre outras.

9- Doce ou salgado? 

R: Doce

10- O que te deixa feliz? 

R: Partilhar pequenos momentos com os que mais amo

11- Escolhe 5 blogs para responder à tua tag

1- Marisa do blogue Sweet my Kitchen 

2- Mariana do blogue Receitas para a Felicidade 

3- Cidália Ferreira do blogue Coisas de uma Vida 

4- São do blogue Rapa tachos 

5- Joana do blogue Prazer a Cozinhar 

As blogueiras nomeadas só participam se quiserem claro está.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Top blogs de receitas

Parcerias com:

Chás, Compotas, Mel....

Comprar on-line