Pesquisa personalizada
Com este tempinho que, diga-se veio muito abruptamente, sabe bem um petisco assim.

A receita original é de arrufadas (pequenas) e não arrufada, mas a preguiça de fazer bolinhas acabou numa arrufada grande. É mais uma receita da velhinha culinária do Chefe Silva.

Um bom acompanhamento para um lanchinho.


Ingredientes:

500 gr. farinha trigo

25 gr. fermento de padeiro

2,5 dl (250 ml) leite morno

50 gr. manteiga derretida

100 gr. açúcar

2 ovos

Raspa de 1 limão

1 pitada sal

Açúcar para polvilhar

Margarina para untar tabuleiro


Preparação:

Dissolva o fermento no leite morno.

Amasse a farinha com o açúcar, o leite, os ovos, a manteiga, raspa de limão e uma pitada de sal.

Amasse muito bem a massa e, se necessário, acrescente um pouco mais de leite para ficar com consistência mole.

Coloque num tabuleiro, tape com um pano e deixe levedar.

Num tabuleiro de ir ao forno coloque papel vegetal, unte-o com margarina e polvilhe-o com farinha.

Com a massa, molde bolas pequenas e coloque-as no tabuleiro, perto umas das outras.

Deixe-as levedar de novo.

Antes de colocar no forno pincele-as ao de leve com ovo batido e polvilhe-as com açúcar.

Leve a cozer em forno pré-aquecido a 180ºC.


Antes de apresentar este prato delicioso, quero começar por agradecer as palavras que me deixaram ficar, assim como os mails recebidos. Pessoas que nem conheço pessoalmente, só neste mundo virtual, mas que demonstram um grande carinho por mim.

Obrigada a todas vós, com um grande beijo de carinho meu :)

Experimentei este strogonoff de frango que leva diversos ingredientes, mas que no final fazem toda a diferença, pois ficou uma maravilha.


Ingredientes:
2 peitos de frango cortado em tiras
1 cebola
2 dentes de alho picados
1 folha de louro
Azeite q.b.
1 lata de cogumelos laminados 355 gr
2 colheres sopa de Vinho do Porto
1/2 colher de sopa de mostarda
1/2 chávena de chá de leite
1 colher de chá de farinha maizena
2 colheres de sopa de polpa de tomate
1/2 colher sopa molho inglês
100 ml de natas
Tabasco (opcional)
Sal, pimenta e noz-moscada

Preparação:
Tempere o frango com sal, pimenta, noz-moscada e mostarda, mexa tudo e deixe temperado durante 30 minutos no mínimo.
Num tacho largo, ou frigideira leve ao lume a cebola com azeite, deixe refogar.


Quando a cebola estiver quase refogada, junte os alhos picados e a folha de louro.
Junte o frango e deixe fritar.
Quando o frango começar a ganhar cor, junte os cogumelos e deixe fritar mais uns minutos.

Junte o vinho do Porto e deixe o álcool evaporar.
Numa taça, dissolva a farinha maizena com o leite.
Ao frango, junte 2 colheres de sopa de polpa de tomate e o leite misturado com a farinha maizena, mexa e deixe cozinhar durante +/- 4 minutos.

Junte o molho inglês, um pouco de tabasco, para ficar picante. Mexa e por fim, junte as natas.

Rectifique o tempero de sal, mexa tudo e deixe ferver.
Quando começar a ferver apague o lume.

Sirva com puré ou batata frita.


Hoje além deste pão-de-ló (preparado da Branca de Neve), uma das ofertas da Lusitana, venho partilhar um pequeno acontecimento que se passou na minha vida há cerca de 5 anos, mas que até hoje me atormenta imenso. Ao desabafar aqui pode ser que me sinta melhor, o que não acredito.

Mas aqui vai um pequeno resumo! Havia uma pessoa muito especial da qual eu gostava muito e sabia que esse sentimento era recíproco.

Geralmente cruzava-me com ela uma vez por semana. Na última vez que me cruzei com ela, fiquei a saber que era o dia do seu aniversário. Reacção normal de qualquer um? Dirigir-se à pessoa e dar-lhe 2 beijos de parabéns, certo? E que fiz eu? Feita burra, estúpida e todas as palavras que me encaixem, limitei-me a dizer "parabéns" e perguntar quantos anos fazia. Sem lhe ter dado os 2 beijos que tanto merecia. Não sei porque tive essa reacção, não sei...

O que sei, foi que passado 5 dias essa pessoa "partiu" de repente.

E foi a enterrar precisamente no dia em que eu fazia 10 anos de casada.

No enterro fui das últimas pessoas a sair do cemitério, e a imagem que tenho gravada na cabeça é o fecho da urna, quase que a bater no seu rosto. Rosto esse que não levou dois beijos meus. Não me perdoo até hoje. Já tantas vezes lhe pedi desculpa, mas de que adianta, se não me sinto mais leve.

Por isso, nunca deixem de dizer ou fazer seja o que for para com alguém, porque no minuto, hora ou dia seguinte pode já não haver possibilidade para tal.

Quanto ao bolo ficou muito fofinho, só lhe juntei raspa de limão para ficar com um ligeiro aroma.




Ingredientes:

1 saqueta de preparado Branca de Neve

4 ovos inteiros

2 colheres sopa leite

Raspa de 1 limão médio


Preparação:

Ligue o forno a 180ºC e unte uma forma de chaminé com margarina.

Numa tigela junte os ovos, o leite, a raspa de limão ao conteúdo da saqueta de preparado.

Misture com a batedeira à velocidade mínima, até juntar todos os ingredientes.

Bata seguidamente cerca de 5 minutos à velocidade máxima.

Verta a massa na forma. Leve a cozer cerca de 30/40 minutos. Verifique se o bolo está cozido com a ajuda de 1 palito.

Retire do forno e desenforme.

Nota: convém depois do bolo estar frio cobrir com uma tampa própria para bolos, ou papel de alumínio para não secar.


Olá, como vão todas? Espero que bem.
Eu cá tenho andado um pouco afastada do meu cantinho, mas não está esquecido. Simplesmente a cabeça anda ocupada com outras coisas menos boas, e, quando assim é, não me sinto com capacidade mental para cá vir.

Deixo aqui este bacalhau que ficou muito bom que foi retirado da tele culinária do Chefe Silva.




Ingredientes:

2 postas de bacalhau ou 1 embalagem de migas de bacalhau

Batatas

6 rodelas de chouriço colorau

1 cebola, 2 dentes de alho

Sal, pimenta, azeite

1 chávena (almoçadeira) de leite

2 ovos

1 colher sobremesa de farinha

2 colheres sopa de vinho do Porto

Azeitonas e salsa para polvilhar
Preparação:
Lave as batatas e coza-as com a pele. Depois de cozidas, escorra-as, deixe-as arrefecer um pouco, retirar a pele e cortar às rodelas.


Cozer o bacalhau, limpar de pele e espinhas e desfiar.
Descasque uma cebola às rodelas e pique os 2 dentes de alho. Corte o chouriço às rodelas e leve a refogar em azeite. Vá mexendo e quando começar a alourar, junte o bacalhau e as batatas. Tempere com sal e pimenta, mexa com cuidado um pouco sobre o lume e retire.


Deite num tabuleiro e espalhe, mas não calque.
Misture os ovos com a farinha, junte o leite, o vinho do Porto, tempere com sal e pimenta.
Deite sobre o bacalhau.
Por cima disponha as azeitonas e leve ao forno pré-aquecido a 220º C até alourar.
Enfeitar com salsa.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Top blogs de receitas

Parcerias com:

Chás, Compotas, Mel....

Comprar on-line