Pesquisa personalizada
Que saudades tenho de fazer um piquenique ao ar livre, debaixo da sombra de uma árvore, a ouvir os passarinhos, e quem sabe dar umas boas risadas. Sair pela manhã, rumo à natureza e, usufruir destes pequenos, mas belos momentos que me davam prazer. Fugir da rotina de fazer a refeição sempre na cozinha. Mas, vamos adiando, adiando, e quando damos fé, passou o verão e mais uma vez, fica para a próxima...

Estes escalopes de porco panadinhos são ideais para esse efeito.

Toda a gente sabe fazer esta singela refeição, geralmente um dos temperos é o sumo de limão, que também gosto muito, mas depois de ter experimentado substituir o limão por vinho branco, fiquei a preferir esta última versão. Os panados ficam com um sabor óptimo. Experimentem e digam depois.


Ingredientes:

Bifinhos (fêveras) de porco fininhos
Ovo, pão ralado e óleo

Para a marinada:
Sal
Pimenta preta
Alhos picados
Vinho branco
2 folhas de loureiro

Preparação:
Fazer a marinada e colocar os bifinhos envolvendo-os bem. Deixar a marinar cerca de 3 horas no mínimo.
Bater 2 ovos. Escorrer os bifinhos e passa-los por ovo batido, e de seguida por pão ralado.
Levar a fritar em óleo quente
.


Tinha comprado uns peitos de frango, mas apetecia-me algo diferente. E porque não rechear? Vai daí, resolvi fazê-lo com bacon e queijo. Tinha uma receita que levava na confecção sopa de cebola, mas como não tinha no momento em casa, improvisei, com cebola ao natural e gostei bastante do resultado. Muito mesmo. Ingredientes:


3 peitos de frango sem osso


Para rechear cada peito:
1 fatia de bacon, queijo partido aos cubinhos, sal, 1 folha de louro, 1 dente de alho, pimenta, margarina.
1 copo de vinho branco
1 cebola

1 colher de sopa de molho inglês

Preparação:
Golpear ao meio cada peito de frango, colocar meia fatia de bacon, um pouco de queijo, e a outra metade da fatia do bacon por cima.
Feche o peito de frango com palitos.
Numa travessa de ir ao forno, coloque os peitos e tempere com sal e pimenta. Coloque os alhos às rodelas e uma folha de louro por cima de cada um.
Com a varinha mágica rale a cebola juntamente com 1 colher de sopa do molho inglês, e misture com o vinho branco.
Regue os peitos de frango com este molho, e, em cima de cada um, coloque uma colherzinha de manteiga. Regue com um pouco de azeite.
Leve ao forno pré-aquecido a 200/225ºc e vá regando durante a cozedura com o molho.
Demorou cerca de 45 minutos.



Finalmente fui visitar o Zoo Quinta de Santo Inácio em Avintes.

O preço de entrada foi de 9 euros/adulto. Achei um preço um pouco elevado, mas já que lá estava, acabei por entrar.

Deixo aqui algumas fotos tiradas lá.

Onde tirei menos fotos foi na zona dos répteis, pois esses bichinhos dão-me arrepios.




Esta receita é muito idêntica à que já aqui postei uma vez, a única diferença está na preparação do creme de ovos. Eu pessoalmente prefiro este. Fica muito bom.





Ingredientes:


1 pacote de bolacha maria
1 pacote de natas 200 ml. agros (pois são mais espessas do que outras marcas)
4 colheres sopa de açúcar
3 claras

Creme de ovos:
Nota: Se gostar de uma boa camada de creme de ovo, então é melhor dobrar a receita, pois dá para uma camada, mas fina, como se vê na foto.


3 gemas

10 colheres de sopa de água

5 colheres de sopa de açúcar

1 casquinha de limão


Preparação:


Leve ao lume a água com o açúcar e a casca de limão. Assim que começar a ferver reduza o lume e deixe ferver por 3 minutos, retire, e deixe arrefecer. Retire a casca de limão.


Assim que esfriar, junte as 3 gemas de ovo ligeiramente batidas levando novamente ao lume. E, sem parar de mexer, deixe que ferva e retire. Passe a varinha mágica no fim, e deixe arrefecer.


Rale a bolacha na picadora. Comece por bater as natas e assim que estejam a ficar espessas junte 4 colheres sopa de açúcar, e bata mais um pouco. Bata as 3 claras em castelo, envolva-as nas natas já batidas. Reserve. Em tacinhas individuais comece por colocar uma camada de bolacha ralada, por cima o preparado das natas com as claras, e por fim uma camada do creme de ovos. Leve ao frigorífico pelo menos 5 horas e está pronto a comer.


Com o Verão aí, embora o calor ande um pouco fugido, pelo menos aqui para estas bandas, é chegada a altura de piqueniques, lanches ao ar livre. E nada melhor que uns petisquinhos como estes que se comem muito bem frios. E até de um dia para o outro.

Por isso, deixo aqui esta receita deliciosa de bolinhos ou pastéis de bacalhau, como lhe quiserem chamar.

Ficam sequinhos por dentro, nada enjoativos.

O segredo, segundo a minha experiência, está em levar praticamente a mesma quantidade de bacalhau e batata.

Já cheguei a fazer com o dobro da quantidade de batata em relação à quantidade de bacalhau, e o que acontece é que ficam moles e encharcados em óleo. Por isso, esta receita é infalível.







Ingredientes:

400 gr. bacalhau demolhado
400/450 gr. batatas

1 cebola grande
2 dentes de alho
3 ovos
1 ramo de salsa
Sal
Pimenta

Preparação:


Descasque as batatas e coza-as juntamente com o bacalhau em água temperada com sal. Quando estiver tudo cozido, escorra.

Escolha as batatas e reduza-as a puré, com um garfo ou passe-vite.
Limpe o bacalhau de espinhas e pele, e desfie muito bem (eu embrulhei num pano, fazendo uma espécie de "cabeça de boneca", e, segurando com uma mão, com a outra esfreguei sobre a bancada a "cabeça" até o bacalhau ficar bem desfeito como se vê na 1ª foto).
Picar a cebola, o alho e a salsa.
Misturar o bacalhau desfiado com o puré de batata, cebola, alho e salsa.
Numa tigela bater os ovos ligeiramente, e juntar ao preparado anterior.
Amassar bem com a mão, durante 3/4 minutos. Rectificar o tempero de sal e colocar pimenta a gosto.
Com duas colheres de sopa pegar em pequenas porções de massa e moldar os bolinhos.
Costumo fazer à mão umas bolinhas também.
Rendeu cerca de 35 no total.


Levar a fritar em óleo quente poucos de cada vez.


Depois de uma pequena ausência forçada... culpa deste clima marado... pelo menos, é a desculpa que dou a mim própria, não estive em condições físicas, e muito menos psicológicas, de vir ao meu cantinho de relaxamento, mas agora estou de volta!E para recomeçar, deixo aqui um lombinho de porco recheado com alheira, cuja foto, na minha opinião, não faz jus ao paladar.

A alheira como era grande, sobrou metade, que coloquei durante 20 minutos no forno envolta em papel de alumínio, que depois parti às rodelas e coloquei na travessa para acompanhar.

Servi com batata assada e esparregado de espinafres.

Ficou uma maravilha.
Ingredientes:

+/- 1 Kg de lombo de porco
1 alheira
4 dentes de alho
1 colher de chá de massa de pimentão
1 colher de sopa de margarina
4 folhas de louro
2 copos de vinho branco

Fatias de bacon (opcional)
Sal q.b.
Pimenta q.b.
4 colheres de sopa de azeite


Preparação:
No talho peça para cortar o lombo de forma a poder rechear (para enrolar)
Estenda o lombo e recheie com a alheira.

Enrole e prenda com palitos ou fio de cozinha.
Coloque o lombo num tabuleiro.
Esmague os alhos e coloque numa tigela com sal, junte a pimenta e a massa de pimentão e 1 colher de sopa de azeite. Misture tudo e besunte o lombo com o tempero. Coloque as folhas de louro em cima do lombo, o restante azeite, a margarina e o vinho.

Cubra o lombo com papel de alumínio e leve ao forno nos 250ºC durante 1 hora. Passado esse tempo, retire o papel de alumínio para alourar por cima (mais 30 minutos). Se necessário, acrescente mais vinho, caso comece a ficar sem molho. O bacon só é colocado em cima do lombo 5 minutos antes de desligar o forno, para tostar um pouquinho.
Assim que estiver pronto, retire e fatiar.






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Top blogs de receitas

Parcerias com:

Chás, Compotas, Mel....

Comprar on-line