Pesquisa personalizada
Mais um ano que termina e outro novo que se aproxima. Não sei se acontece convosco, mas, cada ano que passa, passa mais veloz que o anterior, e pimba já estamos num outro.
Será que estou a ficar velhota?
Não interessa, o que interessa é que daqui a um ano esteja a renovar os votos de Bom Ano a todos os que me visitam, e que em 2010 continue a inspiração de partilhar convosco mais receitinhas deliciosas.
Pois, assim sendo, a Ratolinha deseja a todos um 2010 repleto de saúde e paz interior. Tudo o resto vem por acréscimo com um pouco de sorte à mistura.
Até para o anoooooooooooooooo.
Imagem retirada da net


Estes bolinhos são feitos a olho, isto é, não tenho as medidas certas, por isso deixo aqui como são feitos, mas desde já digo que são de fácil confecção e deliciosos.


Ingredientes:

2 kg de bolina (abóbora menina)
Ovos
Água, açúcar, sal
Farinha maizena
Pinhões ou amêndoa triturada
1 colher (sopa) vinho do Porto
Pau de canela

Preparação:

Leva-se a bolina a cozer em água com uma pitada de sal e 1 pau de canela. Depois de cozida escorre-se e põe-se dentro de um pano. Põe-se depois a escorrer de um dia para o outro dentro de uma taça com furos ou pendurado na torneira da cozinha.

No dia seguinte espreme-se o pano com a bolina, de forma a tirar o excesso de água que possa ainda ter, mas não esprema demais.

Junte-lhe 1 a 2 ovos, 1 colher de sopa de vinho do porto e açúcar a gosto(prove a massa para ver se está doce)e amasse para ligar, vá juntando colheres de farinha maizena, e, amassando até adquirir uma textura nem muito mole nem muito dura, junte-lhe os pinhões ou a amêndoa.

De seguida molde bolinhas a gosto e frite em óleo.

Polvilhe com uma mistura de canela em pó e açúcar.


E para quem não aprecia rabanadas de leite, aqui ficam umas feitas com "chá" aromatizado com canela. Também ficam muito boas.


Ingredientes:
1 cacete de rabanadas
Água, açúcar
Pau de canela e canela em pó
ovos

Preparação:
Comece por adoçar e ferver durante 5 minutos 1 litro de água com 2 paus de canela.
Parta o cacete às fatias e com a ajuda de um utensílio molhe-as no chá e ponha-as a escorrer um pouco.

Bata 2/3 ovos num prato e passe as fatias já escorridas por ovo e levando-as a fritar de seguida em óleo quente.

Depois de douradas ponha-as sobre papel absorvente e de seguida polvilhe-as com uma mistura de partes iguais de canela e açúcar.


Aqui fica uma das iguarias desta época natalícia, umas rabanadas de leite.Simples e apetitosas.Mais para a frente dou a conhecer outras.


Ingredientes:
1 cacete de rabanadas
Leite
Açúcar
Pau de canela e canela em pó
Casca de limão
ovos

Preparação:
Comece por adoçar e ferver o leite com 1 pau de canela e 1 casquinha pequena de limão.
Parta o cacete às fatias e com a ajuda de um utensílio molhe-as no leite e ponha-as a escorrer um pouco.

Bata 2/3 ovos num prato e passe as fatias já escorridas por ovo e levando-as a fritar de seguida em óleo quente.
Depois de douradas ponha-as sobre papel absorvente e de seguida polvilhe-as com canela e açúcar em pó.


A todos(as) os(as) que me visitam desejo um Feliz Natal.

Imagem retirada da net


Este bolinho é um bolo que fica muito fofinho, até é ideal para ser recheado com creme ou outro qualquer recheio, embora eu, tenha preferência pelos bolos secos, pois não fazem tão mal.
Tem um sabor muito peculiar. Não fica um bolo muito grande, por isso se necessário duplique a receita.
Deve-se evitar abrir o forno durante a cozedura (demora +/- cerca de 45 minutos).

Ingredientes:
1 pacote de natas 200ml
1,5 chávena chá de açúcar
1 chávena chá de farinha trigo com fermento
3 ovos
1 colher sobremesa fermento em pó

Preparação:
Comece por bater as natas com o açúcar, de seguida junte as gemas e bata novamente.
Junte a farinha e o fermento e envolva tudo com o rapa-tachos.

Por fim junte as claras batidas em castelo e envolva.
Deite o preparado numa forma sem buraco previamente untada e polvilhada com farinha, e, leve a cozer a 180.ºc em forno pré-aquecido.


Aqui fica uma receita de frango muito rápida de se fazer e saborosa. É só meter no forno e esperar.


Ingredientes:

1 frango

1/2 limão

Manteiga, piri-piri

Sal

Preparação:

Numa assadeira cobrir o fundo da mesma com sal grosso.

Depois do frango limpo colocá-lo em cima do sal, e colocar o 1/2 limão dentro do frango.

Levar ao forno a /+- 250º C e quando for virar o frango, pegue no limão(com cuidado porque está muito quente) e esprema-o em cima do frango.

Quando o frango estiver quase assado, leve ao lume um recipiente com 1 colher sopa de manteiga a derreter, e junte-lhe piri-piri a gosto.

Depois de assado, com um papel absorvente, limpe-o de algumas areias de sal que possam ter ficado agarradas, depois parta-o e pincele-o com esse preparado.

Sirva com arroz seco e salada.

Nota: na foto ainda não tinha sido pincelado com o molho.

Bom apetite!


Mais uma compra feita com a desculpa do blog, as forminhas de bolos de arroz.
Já as estreei, experimentei uma das receitas que tinha de bolos de arroz e aqui estão.Ficaram bastante fofos e fresquinhos por 3/4 dias. Deu para 11 bolos de arroz.



Ingredientes:
200 gr. açúcar
100 gr. farinha trigo com fermento
100 gr. farinha de arroz (ver foto)
1 colher sopa maizena
100 gr. manteiga
3 ovos
1 dl. leite
1 colher chá fermento pó

Preparação:
Bater a manteiga com o açúcar e juntar as gemas batendo novamente.

Colocar o leite, bater um pouco e juntar as farinhas e o fermento, envolver tudo com o rapa-tachos.
Por fim juntar as claras batidas em castelo e envolver sem bater demasiado.
Colocar nas formas previamente untadas e polvilhar com açúcar.
Levar a cozer em forno pré-aquecido a 180ºc.
Bom apetite!


Finalmente estreei a minha máquina de fazer biscoitos. Já a tinha comprado a algum tempo, mas ainda não tinha tido oportunidade para me dedicar a fazer biscoitinhos.

Para vos dizer a verdade, até andar neste mundo dos blogs não sabia que havia uma máquina assim. Já a vi em vários blogs, mas foi aqui que vi em mais pormenor e com direito a vídeo e receitas. Claro que ver é uma coisa e outra é fazer, e, nesta minha 1ª experiência, as coisas até começaram bem, mas depois já estava a falar sozinha com o dispara-biscoitos, até que descobri a técnica. Teve de ser directamente no tabuleiro anti-aderente, pois com papel vegetal muitos vinham agarrados à máquina, tirei o papel e foi sempre a andar (deve ser da falta de prática).

Mas digo-vos estes biscoitos de canela ficaram uma delícia, acho que tão cedo não compro bolachas fora, haja tempo.


O Dispara-biscoitos:


Ingredientes:
100 gr. de açúcar
180 gr. de margarina
1 ovo
1 pitada de sal
300 gr. farinha trigo c/ fermento
1 colher sobremesa de canela

Preparação:

Bater o açúcar com a margarina e juntar o ovo, e uma pitada de sal batendo tudo.

Juntar a farinha e a canela e misturar tudo (com a batedeira custa um pouco a bater).

Colocar a massa na máquina dispara-biscoitos e disparar sobre um tabuleiro

Levar a cozer em forno pré-aquecido a 200ºc até ficarem cozidos (+/-10 minutos).

Bom apetite!


Desta vez decidi pôr-me a inventar, e não me arrependi. Resolvi rechear bifes de peru com alheira e ficaram uma delícia, o toque da alheira misturado com o bife de peru, hummmmmm!

Uma refeição muito rápida e saborosa.




Ingredientes:


4 bifes de Peru finos

1 alheira

sal refinado e pimenta

Ovo e pão ralado para panar



Preparação:


Comece por tirar a pele e cortar a alheira ao meio e depois novamente ao meio mas em comprimento (1 alheira dá para 4 bifes).

Espalme os bifes de peru e tempere com sal fino e pimenta, coloque 1 porção da alheira, e , enrole o bife de peru, prendendo no final com palitos.


Tempere novamente com sal a parte de fora do bife, e passe por ovo e seguidamente por pão ralado.


Leve a fritar, virando, para que frite por todo.


Sirva com arroz de ervilhas.


Bom apetite!


Este doce é típico da época que se aproxima, o Natal! Eu cá prefiro fora de época, pois sabe bem melhor. Até porque o natal, na minha opinião, já não é o que era, perdeu a verdadeira essência, virou mais uma forma de "comércio" que outra coisa, muita solidariedade, muito apelo à ajuda, blá, blá, e, passado o dia 25 esquece-se tudo; (desculpem o desabafo).
Esta aletria fica muito boa e é muito simples de fazer.
Ingredientes:
250 gr. aletria
2 cascas limão
1 pau de canela
1 colher de chá manteiga (50 gr)
200 gr. açúcar
1/2 litro água
1/2 litro leite
2 gemas
sal

Preparação:

Numa panela juntar a água, o leite, a manteiga, sal, açúcar, limão e o pau de canela.
Quando começar a ferver juntar a aletria já partida.
Demora uma média de 3/4 minutos a cozer.
Retirar quando estiver cozida do fogão, e adicionar 2 gemas, mexendo rápido para que não cozam e, se envolvam no preparado.
Depois de misturado leve ao lume mais 1 minuto sem parar de mexer e retire.
Verta em pratos e polvilhe com canela a gosto.
Nota: Esta receita dá para 2 pratos fundos.
Bom apetite!


Mais uma receitinha de bacalhau.A maioria das receitas de bacalhau com natas é feita com batata frita palha, eu geralmente costumo fazer com batata cozida aos cubinhos pequenos e fica muito bom também.

Ingredientes:
2 postas de bacalhau
4 batatas medias
1 Cebola, alho, azeite q.b., pimenta preta
1 pacote de natas (200ml)
Queijo ralado
Preparação:
Coza as batatas aos cubinhos e o bacalhau em água temperada com sal.
Depois de cozido deixe arrefecer e desfaça-o em lascas ou desfiado.
Num tacho coloque a cebola às rodelas finas, 1 dente de alho picado e azeite, leve ao lume e quando estiver a cebola transparente junte o bacalhau às lascas e deixe refogar um pouco em pouco lume, tempere com pimenta preta (deve ficar picante).
Junte as batatas e envolva tudo.

Retire e junte as natas, envolvendo-as no preparado, deite tudo num tabuleiro, polvilhe com queijo ralado e leve ao forno até ficar douradinho.
Bom apetite!


Queriam? Já não há nada! Esta torta deliciosa desapareceu num ápice.A minha sorte é que tenho cá em casa um glutão que devora os meus doces e eu só os provo.
Com cenourinha feita em puré, é só vitamina A para os olhinhos.Ficou muito fofinha e húmida.



Ingredientes:
400 gr. açúcar
500 gr. cenoura
4 colheres de sopa de farinha com fermento
1 laranja
4 ovos
1 colher chá fermento em pó
Canela, coco, cerejas cristalizadas

Preparação:
Coza as cenouras e passe-as pelo passe-vite, para obter um puré.Coloque o puré durante uns minutos num pano fino para escorrer parte da água que a cenoura larga. Junte o açúcar, a raspa e o sumo da laranja e os ovos inteiros, e bata com a batedeira.
Por fim junte a farinha e o fermento e volte a bater mais um pouco.

Deite o preparado num tabuleiro de preferência quadrado ou rectangular, forrado com papel vegetal (este untado e polvilhado com farinha) e deixe cozer cerca de 20 minutos em lume médio.

Depois de verificar se a torta está cozida, deite a torta sobre um pano polvilhado de açúcar, retire o papel vegetal, e polvilhe com canela e açúcar, enrolando de seguida com a ajuda do pano.
Polvilhe com coco ralado e enfeite com cerejas cristalizadas.

Bom apetite!


Foi a 1ª vez que comi quiche, nunca tinha feito até agora, e é realmente um prato diferente.Come-se bem com uma saladinha a acompanhar.
Ingredientes:

1 base de massa folhada ou

para fazer a massa:
300 gr. farinha trigo com fermento
1 pitada de sal
água
1 colher chá de azeite
1 ovo

Recheio:
100 gr. fiambre
100 gr. queijo ralado
chouriço
azeitonas
3 ovos
1 dl. natas
pimenta, sal, oregãos

Preparação:
Para a massa:
Envolva a farinha com o azeite, deite uma pitada de sal e o ovo, amasse bem e acrescente um pouco de água, para obter uma massa maleável e bem ligada. Tenda a massa e forre uma tarteira untada com manteiga e polvilhada com farinha.

Recheio:
Pique o fiambre aos bocados e coloque sobre a massa, espalhe o queijo por cima e os oregãos a gosto.
Bata as os ovos com as natas e tempere com sal e pimenta.Verta na tarteira.
Coloque rodelas de chouriço e azeitonas a gosto.Leve a cozer ao forno a 190ºc por +/-35 minutos.

Nota: Pode optar em vez do fiambre por bacon ou cogumelos, o que quiser.

Bom apetite!


Não está fácil vir actualizar o cantinho, mas aqui fica um bolo simplesmente delicioso.Nunca o tinha feito, até agora, mas, vale bem a pena.Fica um cheirinho incrível na cozinha enquanto ele coze.A mistura de sabores de canela, café e chocolate é......!!!

Ingredientes:
Usar uma chávena de pequeno almoço

2 chávenas de farinha com fermento (240 gr.)
2 chávenas de açúcar (360 gr.)
4 ovos
1/2 chávena de óleo
1 colher sopa de canela em pó
1 colher sopa de café moido (utilizei cevada em pó)
2 colheres sopa de chocolate em pó
1 colher chá cheia de fermento em pó

Preparação:
Com a batedeira bate-se o açúcar com os ovos e óleo.
Depois mistura-se a farinha com o fermento e o resto dos ingredientes, envolve-se tudo com a ajuda de um rapa-tachos.
Leva-se ao forno pré-aquecido a 180º C numa forma de buraco previamente untada com manteiga e polvilhada com farinha.
Bom apetite!


Este prato é uma verdadeira delicia e também amiguinho do "pneu".

Ingredientes:

2 postas de bacalhau
4 batatas médias
1 cebola, 1 dente alho, azeite, salsa, azeitona, pimenta
4/5 ovos
Preparação:
Comece por escaldar o bacalhau e depois desfiá-lo muito bem, retirando as espinhas e pele.
Descasque as batatas e parta-as aos palitos, mas fininhos (tipo batata palha) e frite-as.
Numa frigideira coloque a cebola às rodelas finas, pique 1 dente de alho e cubra com azeite, leve a refogar e quando a cebola começar a estalar junte o bacalhau desfiado, e deixe estar cerca de 4/5 minutos (em lume brando) a refogar, mexendo sempre.
Junte as batatas fritas e envolva.

Numa tigela bata os 4/5 ovos e tempere com pimenta, verta no preparado anterior e sem parar de mexer (com cuidado), envolva tudo para que cozam os ovos batidos.

Polvilhe com salsa e azeitonas.

Bom apetite!


Chamei-lhes rojões "aldrabados" porque a receita original de rojões leva mais ingredientes. Um dia, se fizer, publico aqui. Esta só leva os rojões e as tripas.

Ingredientes:
1 kg. rojões porco
Tripa enfarinhada
Sal, vinho branco, loureiro, pimenta
Cominhos
Azeite

Preparação:

Faça uma marinada com sal, vinho branco, 2 folhas loureiro e pimenta e coloque os rojões de preferência de um dia para o outro.
Num tacho coloque azeite a cobrir o fundo e coloque a carne, coe a marinada e junte à carne, deixe rijar lentamente,mexendo de vez em quando acrescentando vinho branco sempre que necessário e nunca água.
Quando a carne estiver tenra e douradinha está pronta.
Numa fritadeira frite batatas aos cubos e frite de seguida as tripas enfarinhas.
Coloque numa travessa os rojões, as tripas e as batatas e polvilhe com cominhos.
Sirva com arroz seco e salada.
Bom apetite!


A minha estreia com as formas de silicone foi com este bolinho de iogurte.

Andava curiosa de tanto ouvir falar dessas formas que comprei uma para experimentar e realmente é um espectáculo, não fica nada agarrado como por vezes acontece com as tradicionais.

Ingredientes:

3 ovos

1 iogurte (sabor a morango)

3 medidas caixa iogurte de açúcar

3 medidas caixa iogurte de farinha trigo com fermento

1,5 colher sopa manteiga (derreter e deixar esfriar)

1 colher sopa fermento

Preparação:

Colocar os ovos, a manteiga derretida e fria, o iogurte e o açúcar e bater com a batedeira.

De seguida colocar a farinha e o fermento e envolver tudo.

Levar a cozer a 180º em forno pré-aquecido numa forma previamente untada e polvilhada com farinha.

Bom apetite!






10.000 visitas nunca pensei!!!


Obrigada a todas as blogueiras/os e não blogueiras/os que visitam o meu cantinho e deixam o seu comentário, por mais simples que seja, mas que me dá força para continuar com o blog, apesar de às vezes me perguntar porque estou com este trabalho, para quê, enfim, pensamentos que penso já assolaram muitas de vocês.


E aí vejo um comentário que me faz esboçar um sorriso e ganho forças para continuar a partilhar e continuar a sorrir.


Não esquecendo, e muito importante também, o facto de já ter aprendido muita coisa com vários blogs. Como diz o ditado, estamos sempre a aprender e é bem verdade.


Só quis deixar aqui um agradecimento a todas e todos, dado que não tenho o hábito de responder aos comentários de cada post.


Voltem sempre...


Beijos


Para quem gosta de sardinhas, por que não fazer uma variação à sardinha assada que todos conhecem! Uns filetes de sardinha com uma saladinha, uma refeição simples e rápida.



Ingredientes:

Sardinhas abertas (filete)

Sal, pimenta e sumo de limão

Farinha, óleo para fritar


Modo de preparação:

Tempere os filetes de sardinha com sal, pimenta e regue com bastante sumo de limão, deixe a marinar pelo menos 2 horas.

Na hora de fritar, passe os filetes por farinha e leve-os a fritar em óleo quente.

Bom apetite!


Sim, sei que tenho andado um pouco ausente, mas tive que fazer uma pausa "forçada", estando de volta não a 100% ainda. Contudo venho partilhar convosco um bolinho de laranja que é uma delicia.

Ingredientes:
100 gr. manteiga
150 gr. açúcar
1 laranja
3 ovos
150 gr. farinha com fermento
1 colher sopa fermento em pó

Preparação:

Bata a manteiga com o açúcar até obter um creme esbranquiçado. Adicione a raspa e sumo de 1 laranja.

Junte os ovos, um a um, batendo em cada adição.
Por fim, adicione a farinha peneirada com o fermento, mexendo levemente.

Deite a massa numa forma de buraco untada com manteiga e polvilhada com farinha e leve a cozer em forno médio (180ºC)pré-aquecido.

Bom apetite!


Cá estão elas mais uma vez todas pomposas, mas desta vez em miniaturas (um pouco crescidas, eu bem tentei mas elas crescem e crescem...).
Da última vez que fiz bolas de berlim, tinha congelado metade da massa, como não gosto de coisas congeladas muito tempo, há que gastar e por isso resolvi fazer em miniaturas para um lanchinho...


Bom apetite!


Ora mais uma receitinha amiga do colesterol.
Mas já sabem 1 hora de caminhada e está "perdoada".

Ingredientes:
2 postas de bacalhau (de preferência lombos)
Cebola, alho, azeite, pimenta, maionese, farinha, alho

Para puré:
4 batatas grandes
1 colher sobremesa manteiga, leite, 1 gema ovo, sal

Preparação:

Começe por dar uma fervura ao bacalhau , retire e deixe esfriar.
Numa frigideira coloque azeite e um dente de alho e dê uma fritura ao bacalhau passado previamente por farinha.

Coloque as postas num tabuleiro de ir ao forno.
Nesse mesmo azeite (caso não esteja queimado, se estiver coloque então azeite novo) fatie às rodelas uma cebola, pique 1 dente de alho, pimenta e deixe estalar a cebola.
Deite este molho por cima das postas de bacalhau e cubra-as com maionese.

Ao lado coloque o puré que se prepara assim:
Coza as batatas em água com sal e depois de cozidas passe-as num passe-vite, envolva no puré uma colher manteiga e vá acrescentado leite aos pouco e mexa até adquirir uma textura a gosto.

Coloque no tabuleiro e pincele com gema de ovo, leve ao forno até ficar douradinho.

Bom apetite!


Muffins acho que nunca fiz, já fiz queques, embora a diferença não seja muita, a massa dos muffins fica mais espessa do que a dos queques. Devo dizer que estes até nem ficaram muito doces... é da maneira que não faz tão mal!

Ingredientes:

200 gr. farinha trigo com fermento
100 gr. chocolate pó
100 gr. açúcar amarelo (ou branco)
1 colher sopa fermento pó
1/2 colher chá sal
2 ovos
2,5 dl leite
50 gr manteiga derretida

Preparação:
Misture todos os ingredientes secos numa tigela e noutra os ingredientes líquidos e bata-os um pouco com a batedeira, depois de batidos junte o conteúdo da outra tigela e envolva tudo.

Leve a cozer em forno pré-aquecido em forminhas de papel ou formas de queques untadas com manteiga.
Bom apetite!


Este doce não retirei a receita de lado nenhum, uma vez comi como sobremesa já não me recordo onde e gostei muito da combinação.Como não me recordo do nome decidi "inventar" a receita (do que o meu paladar se recorda) e assim sendo vou-lhe chamar delicia fria de bolacha à Ratolinha.
É um pouco trabalhoso, mas vale a pena, é composto por camadas de bolacha torrada molhadas em café, massa de bolo e creme de ovos.

Ingredientes:

1 pacote de bolacha rectangular torrada
Café
3 ovos
3 colheres sopa farinha com fermento
1 colher café fermento em pó
6 colheres sopa açúcar

Para creme de ovos:
4 ovos
115 gr. açúcar
120 ml água
Preparação:


Massa de bolo:
Bater os ovos com o açúcar, juntar a farinha e o fermento e envolver tudo.

Forrar um tabuleiro com papel vegetal untado com manteiga e verter o preparado de forma a ficar uma camada fina de massa.Levar a cozer em forno pré-aquecido (demora pouco tempo a cozer), depois de cozido retirar e deixar arrefecer.

Molhar as bolachas em café forte, mas de modo a que não fiquem muito moles.

O creme de ovos faça-o conforme está indicado na receita das bolas de berlim, e deixe arrefecer.

Num tabuleiro de rolo (ou outro) comece por colocar uma fila dupla de bolachas, por cima destas coloque uma tira de massa de bolo (cortada à mesma medida), de seguida barre com creme de ovos.

Coloque mais uma camada dupla de bolachas, e por cima massa de bolo que barra novamente com creme, faz isto até esgotar as bolachas e a massa de bolo, terminando com a massa de bolo que vai no final ser coberta com creme de ovos.
Sirva frio.
Bom apetite!


Lagomorfo nome cientifico deste animal que por acaso acho muito fofo e apesar de gostar da sua carne, confesso que me custa cozinhá-lo e comê-lo, mas lá tento pensar noutras coisas como forma de distracção enquanto o faço...

Este coelho à caçador fica muito gostoso, não sei se é do toque do vinho do porto... vale a pena experimentarem.


Ingredientes:

1 coelho

Cebola, alho, azeite, vinho branco, salsa, 2 folhas louro

Molho inglês, piri-piri

1 cálice de vinho do porto

Polpa tomate


Preparação:

Tempere o coelho numa marinada de sal, piri-piri, vinho branco, salsa e um pouco de azeite.

Deixe pelos menos 2 horas a marinar.

Num tacho pique a cebola e um dente de alho, coloque azeite e leve a refogar, junte o coelho já partido e acrescente um copo de vinho branco e 2 folhas de louro.Junte 2 colheres sopa de molho inglês, um pouco de polpa de tomate (não muita, só para dar um pouco de cor) e vá deixando estufar lentamente acrescentando água aos poucos.
Rectifique o tempero com sal.

Assim que estiver tenro verta 1 cálice de vinho do porto e deixe estufar mais um pouco.
Sirva com puré ou arroz seco.
Acompanhe com tostinhas para molhar na calda.

Bom apetite!


Uma vitelinha assada acompanhada de um esparregado de espinafres, hum hum é de comer e chorar por mais.

Ingredientes:
1,5 kg de Vitela
Batatas
Espinafres
Sal, vinho, azeite, salsa, alho, pimenta, cebola, vinagre

Preparação:

Faça uma marinada com alhos esmagados, sal, salsa, pimenta e um pouco de azeite e vinho branco e coloque a vitela de preferência de um dia para o outro.

Numa assadeira coloque uma boa camada de cebola às rodelas e coloque a carne e as batatas temperadas com sal, regue com a marinada e azeite.

Leve ao forno e vá regando de vez em quando com a própria calda.
Num tacho com água e sal leve a cozer as folhas dos espinafres.Depois de cozidos escorra-os.

Pique um dente de alho no tacho e ponha um pouco de azeite, leve ao lume a estalar e junte os espinafres já picados ou cortados muito finos e envolva-os no alho sempre no mínimo, salpique com vinagre, mexa e retire.

Sirva e bom apetite!



Volta e meia faço este pudim pois além se ser muito parecido com o pudim francês, é muito rápido de se fazer, e sai sempre bem.



Ingredientes:

1 lata de leite condensado

A mesma medida (lata) de leite

4 ovos inteiros

raspa de 1/2 limão

Caramelo para untar a forma



Preparação:

Num recipiente colocar o leite condensado e os 4 ovos inteiros e com a varinha mágica bater 2 minutos.

Juntar de seguida o leite e a raspa de limão, mexer com colher pau só para envolver tudo.


Verter o preparado na forma de pudim já barrada com o caramelo.

Levar a cozer dentro de um tacho com água a ferver cerca de 20/25 minutos.

Retirar a forma, deixe arrefecer, depois de frio vire para um prato e leve ao frigorifico.

Sirva bem fresco.



Este prato é muito bom, só não sei porque tem o nome de bacalhau à espanhola!

Esta receita já vem do tempo da minha mãe e avós, e é uma forma diferente de comer o bacalhau, muito parecido até com caldeirada.

Ingredientes:

2 Postas de bacalhau demolhado

1 cebola grande

1 dente de alho, azeite, vinho branco

pimento

Batatas

Tomate maduro ou polpa

Colorau, pimenta e sal


Preparação:

Comece por descascar as batatas e cortá-las às rodelas, não muito finas.Parta a posta de bacalhau em 3 partes, dependendo do tamanho.

Num tacho coloque uma boa camada de cebola às rodelas e por cima uma camada de rodelas de batata, pique 1 dente de alho em cima das batatas e coloque algum bacalhau e tomate maduro ou polpa.

Coloque novamente uma camada de cebola, uma camada de batatas e bacalhau, por cima coloque tiras de pimento.

Regue com um pouco de vinho, tempere com sal, pimenta e um pouco de colorau e regue com bastante azeite.

Leve o tacho ao lume e sempre em pouco lume para que não torre e coza com os sucos que o bacalhau vai largando, deixe cozinhar, se necessário acrescente mais vinho, e nunca água.

Assim que estiverem as batatas cozidas está pronto, demora uma média de 20/30 minutos.

Bom apetite!


Umas natinhas do céu uma sobremesa deliciosa e calórica, eheheheh!


Depois de comer uma, toca a andar 1 hora para desgastar as calorias...

Ingredientes:


1 pacote de bolacha maria

2 pacotes de natas agros ou longa vida

6 ovos

5 colheres de sopa de açúcar

3 colheres de sopa de leite


Preparação:

Comece por bater as natas e assim que estejam a ficar espessas junte 4 colheres sopa de açúcar e bata mais um pouco.

Bata as 6 claras em castelo e envolva-as nas natas já batidas.Reserve.


Rale a bolacha na picadora, se não tiver coloque-as num saco plástico e com o rolo da massa bata que elas desfazem-se.

Leve ao lume brando as gemas com as 3 colheres de sopa de leite e com 1 colher de açúcar e sem parar de mexer deixe que ferva até ficar o creme um pouco espesso.Deixe arrefecer.


Em tacinhas individuais comece por colocar uma camada de bolacha ralada, por cima o preparado das natas com as claras mais uma camada de bolachas e por fim uma camada do creme de ovos.

Leve ao frigorífico pelo menos 5 horas e está pronto a comer.

Bom apetite!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Top blogs de receitas

Parcerias com:

Chás, Compotas, Mel....

Comprar on-line